Patricia Marx revela que teve crise de pânico durante live: ‘Tive vontade de sair correndo’


Cantora explicou que deixou a transmissão on-line antes do fim. ‘Fiquei muito nervosa, estava muito estressada, muito ansiosa.’ Patricia Marx tem crise de pânico durante live e deixa transmissão antes do fim
Patricia Marx usou as redes sociais para contar que sofreu uma crise de pânico durante uma live fechada apresentada no sábado (7).
A cantora deixou a transmissão on-line antes do fim. “Saí antes, encerrei sem maiores satisfações”, afirmou a cantora, que explicou o incidente em um vídeo de pouco mais de cinco minutos no Instagram.
“Eu tive uma crise de pânico do meio para o final. Fiquei muito nervosa, estava muito estressada, muito ansiosa. Tive uma crise e tive vontade de sair correndo. Quem tem crise de pânico, sabe o que acontece. A gente paralisa tudo, a gente não consegue pensar, raciocinar. E foi isso o que aconteceu”, disse a cantora.
Patrícia revelou que trata ansiedade há muitos anos e faz acompanhamento com terapia, psicanálise e medicação.
“Começou com uma crise de ansiedade, depois evoluiu para depressão. Não tenho depressão mais, mas tomo remédio até hoje, é uma coisa que tem que ser controlada.”
“Naquele dia, exatamente, eu estava muito ansiosa, muito nervosa, foi uma produção que foi minha. Fiz praticamente tudo, toda a ideia, a arte, divulgação, tudo foi pensado por mim e eu estava trabalhando há um mês, com muito carinho”.
Patricia Marx
Divulgação / Biga Pessoa
Patrícia encerrou o vídeo pedindo desculpas e falando sobre a importância de abordar o assunto publicamente.
“Peço desculpas e quero esclarecer a todos porque eu saí antes. A crise de pânico é uma coisa muito séria. A gente tem que falar sobre isso. Nós, artistas, somos seres humanos. A gente falha, tem medo, sente ansiedade, insegurança, somos vulneráveis, sim.”
“Espero que todos possam compreender o lado humano das pessoas. E eu também peço desculpas por falhar. Sei que tenho o direito de falhar, como todos vocês. A gente fica ansioso, nervoso, inseguro, se sente vulnerável e acontece o que acontece. O ruim é que as pessoas julgam muito sem saber”.
“Eu não comentei isso antes porque achei que eu não pudesse falar sobre isso, mas a gente tem que falar sobre essas coisas, doenças mentais, ansiedade, crise de pânico, depressão. A gente tem que falar porque muita gente e as pessoas acham que é frescura.”
Na madrugada desta terça-feira (9), a cantora seguiu falando sobre o tema ansiedade em um novo post no Instagram.
“Ansiedade é um futuro distorcido, disfarçado de presente. Ladrão da clareza, acumulador de histórias tóxicas e traumas. É inadequação, medo e solidão, de não ser compreendido(a)”, escreveu ela em uma publicação em que mostra “5 coisas que não parecem ansiedade, mas são”.
Initial plugin text