Pan Lima 2019: Veja como praticar esportes na areia e evitar lesões

A dupla de vôlei de praia Thiago Barbosa e Oscar Brandão joga nesta quarta-feira

A dupla de vôlei de praia Thiago Barbosa e Oscar Brandão joga nesta quarta-feira
Divulgação/CBV

Nesta quarta-feira (24), as duplas Thiago Barbosa e Oscar Brandão e Carol Horta e Ângela, dos times masculino e feminino de vôlei de praia, dão início à busca do ouro pelo Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Lima, que começam oficialmente nesta sexta-feira (26). As partidas serão contra a Costa Rica, às 13h30, e Ilhas Virgens, às 14h20, respectivamente.

De acordo com o ortopedista e médico do esporte Adriano Almeida, do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da USP, a prática de esportes na areia é benéfica devido ao contato com a natureza e porque a areia consegue absorver o impacto provocado por algumas atividades.

Leia também: ‘Bactéria da praia’ é comum em águas quentes, mas infecção é rara

O ortopedista afirma que, para praticar atividades esportivas na areia, como vôlei de praia, futebol e corrida, é necessário usar tênis. Caminhar descalço na areia fofa é recomendado, apenas, como tratamento para pessoas que têm o pé plano, pois a irregularidade do solo ajuda no fortalecimento dos músculos dos pés.

Mas ele ressalta que é necessário ter condicionamento físico para praticar esportes na areia para não correr o risco de lesões. “Por conta do terreno irregular, a prática de esportes na areia pode causar entorses, lesões musculares, lesões ligamentares e por repetição, como tendinites. Além disso, a exposição ao sol pode causar queimaduras graves e desidratação. É necessário preparo e não realizar as atividades de maneira exagerada para não causar dores”, explica Almeida.

Saiba mais: Atividade física intensa sem descanso prejudica fígado e coração

Para evitar tais lesões, o médico recomenda que, primeiramente, se tenha preparo físico, começando a atividade de maneira gradual. Uma sugestão é iniciar as atividades na quadra e depois passar para a areia.

“É necessário também que seja feito um fortalecimento muscular prévio e que se utilize um tênis esportivo para absorver o impacto, pois, embora a areia seja capaz de captar uma parte do choque das atividades, não o faz totalmente, além de adequar os horários de treinamentos para ter menor exposição solar. É preciso também lembrar de se manter hidratado e de utilizar filtros solares para nao sofrer queimaduras” afirma.

Veja também: Banho em praia imprópria oferece risco de viroses e outras doenças

Almeida afirma que, na teoria, os esportes mais benéficos são aqueles que combinam o condicionamento cardiorrespiratório com exercício de força, como a natação, a caminhada e a corrida na areia. Porém, a orientação é que o melhor esporte é aquele que mais dá prazer ao praticante.

*Estagiária do R7 sob supervisão de Deborah Giannini

Xixi na queimadura de água-viva? Veja os cuidados na hora da praia: