Oracle manterá seguros dados dos usuários dos EUA, diz TikTok


Informações de perfis norte-americanos passarão a ser armazenadas na empresa daquele país, e não mais pela chinesa que é dona da rede social. TikTok
REUTERS
O TikTok afirmou os dados de seus usuários dos Estados Unidos, que passarão a ser armazenados na empresa americana Oracle, só poderão ser acessados por um número limitado de funcionários.
A migração desses dados, anunciada no último sábado (18), foi tomada na tentativa de dissipar os temores sobre segurança na rede social que é de propriedade da chinesa ByteDance.
A plataforma se defendeu das preocupações sobre a capacidade dos engenheiros na China de acessar informações dos usuários americanos que não sejam públicas.
A polêmica voltou à tona após uma reportagem do site Buzzfeed publicada na última sexta-feira (17) mostrar que funcionários da ByteDance acessaram, em diferentes oportunidades, informações sobre usuários americanos do TikTok. A fonte foi um áudio vazado das reuniões internas do aplicativo.
“Continuaremos a impulsionar nosso objetivo de limitar o número de funcionários que têm acesso aos dados dos usuários e aos cenários, nos quais o acesso a dados é ativado”, afirmou o diretor de Segurança da Informação do TikTok, Roland Cloutier, em um comunicado.
Pressão de Trump
Em 2020, o então presidente americano Donald Trump pressionou a plataforma e chegou a ameaçar proibir o download do app nos EUA por causa de supostos riscos de segurança para dados de usuários do país.
Ele queria que parte do aplicativo fosse comprada por uma empresa americana, mas, em vez disso, a Oracle propos uma parceria com a ByteDance para administrar os dados dos usuários americanos. O negócio não tinha saído do papel até então.
No final do ano passado, a rede social revelou ter alcançado 1 bilhão de usuários no mundo todo.
Quem é a Oracle
Pouco conhecida entre os consumidores, a Oracle atua em soluções corporativas.
Fundada nos anos 1970, ela é referência no gerenciamento de bancos de dados e servidores para empresas, escolas e governos – incluindo o dos EUA.
A empresa também atua na infraestrutura de servidores na nuvem e na área de inteligência artificial.
Avaliada em US$ 180 bilhões, ela é concorrente de gigantes como Microsoft e Amazon no segmento de servidores na nuvem, e de companhias como SAP e Salesforce na área de bancos de dados.
No anúncio da “parceria tecnológica” entre ByteDance e a Oracle, a companhia americana afirmou que seria uma “provedora confiável de tecnologia” para o TikTok.