‘Onda histórica de frio’ deve derrubar as temperaturas no Brasil

A neve deve começar a cair nas serras de Santa Catarina e Rio Grande do Sul entre o fim da tarde desta quinta-feira (20) e o início da noite. Previsão alerta para risco de temporal no norte catarinense nesta quinta-feira
A intensa frente fria que vem do sul do continente chegou ao Brasil. Além de chuva forte no Sul, Sudeste e Centro-Oeste, essa frente fria traz a massa de ar frio, de origem polar, mais intensa de 2020, alerta o Climatempo.
SC: Onda de frio se aproxima com chuvisco e nevoeiro na Serra de SC
MG: ‘Onda histórica de frio’ derruba temperatura em Minas, com previsão de 7ºC em Belo Horizonte
GO: Às vésperas da histórica ‘onda de frio’, Goiás registra 38,5ºC e tem o dia mais quente do ano
De acordo com o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE), as temperaturas devem despencar em toda a região Sul, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, sul de Goiás, Rondônia, Acre, centro-sul do Amazonas, além de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.
A neve deve começar a cair nas serras de Santa Catarina e Rio Grande do Sul entre o fim da tarde desta quinta-feira (20) e o início da noite. É exatamente quando a temperatura deve despencar e ficar abaixo de zero. Em Urupema (SC), os termômetros devem marcar -4ºC.
FOTOS: veja imagens da Serra Catarinense nesta quinta com avanço de massa de ar polar
Como se forma a neve e a geada?
Para se ter neve, a temperatura tem que estar negativa na nuvem e em todas as camadas do ar até chegar ao solo. Só assim para a chuva cair em formato de flocos de neve. Já a geada se forma quando a umidade congela na vegetação, parecendo uma capa de gelo.
Além do Brasil, a intensa massa de ar frio polar vai causar temperaturas muito baixas na Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai, Bolívia e em algumas áreas do Peru.