O que levantadores de peso cheiram antes de realizarem as provas?

O atleta brasileiro Fernando Reis levantou 230 kg no Pan Lima 2019 e levou ouro

O atleta brasileiro Fernando Reis levantou 230 kg no Pan Lima 2019 e levou ouro
FolhaPress

Nas competições de levantamento de peso, pode ser comum observar alguns atletas cheirando um produto antes de performarem. Mas afinal, o que é aquilo e por que eles cheiram?

De acordo com o médico do esporte Paulo Zogaib, professor da disciplina de Medicina do Esporte da Escola Paulista de Medicina da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), a substância inalada trata-se do vapor de um líquido misturado com amônia.

Leia também: Fernando Reis fatura ouro em Lima e é tri pan-americano

“A prática é comum entre atletas que praticam levantamento de peso. Esse costume se dá ao fazer um trabalho de força, chamado de manobra de Valsalva, prendendo a respiração. Isso aumenta a pressão torácica e pode diminuir a capacidade de oxigenação do cérebro, causando tontura e até desmaios. Então, com a inalação dessa substância, há uma dilatação das vias aéreas, o que permite obter uma maior quantidade de oxigênio, diminuindo o risco de desmaios”, explica.

Zogaib afirma que a amônia ajuda na dilatação das vias aéreas porque o composto químico irrita as mucosas e estimula os receptores da área. Além da ajuda na respiração, o cheiro “dá um choque” no atleta, deixando-o mais alerta com uma descarga de adrenalina, estimulando o sistema nervoso central.

Saiba mais: O que pode ocasionar o mal súbito, como caso do atleta da canoagem?

A fisiologista e médica do esporte Karina Hatano, do Instituto Cohen, em São Paulo, explica que a inalação de amoníaco não configura como dopping, pois isso não melhora o desempenho do atleta. “A capacidade de ele levantar 200 Kg, por exemplo, não vem da amônia. Vem de todo o treinamento que ele faz para chegar ali”, afirma.

Porém, a inalação exagerada da amônia pode ser prejudicial, intoxicando o sistema nervoso central e afetando o cérebro, segundo Zogaib. Desta forma, pode ocasionar desmaio e até ser fatal. “Os levantadores de peso já são acostumados desde o treinamento”, diz. 

Veja também: Quanto o emocional interfere na performance dos atletas?

“Já que o levantamente de peso é um movimento curto e rápido, a amônia ajuda porque seu efeito também é curto e rápido. Em outros esportes, por serem mais longos, a substância não ajudaria. Além disso, o uso da amônia não faz grande diferença. Tem muito a questão psicológica, porque esses atletas se sentem bem tendo um estímulo segundos antes da competição”, finaliza Zogaib. 

*Estagiária do R7 sob supervisão de Deborah Giannini

Respirar pela boca pode causar cáries. Veja mitos e verdades sobre a respiração: