O desafio que faz jovens melecarem rosto com lubrificante para melhorar maquiagem


Produto íntimo ajuda maquiagem a ‘deslizar’ na pele e deixa o rosto iluminado, mas pode causar cravos, espinhas e até manchas, dizem dermatologistas. Conheça o desafio em que jovens usam lubrificante no rosto se fosse como maquiagem
Tudo começou como um desafio bobo, como quase tudo que bomba no TikTok. Usando uma hashtag, adolescentes eram chamados a lambuzar o rosto com lubrificante íntimo.
Não é um fetiche e não tem relação com sexo. O lubrificante entra nesse viral como um substituto do primer: produto usado antes da maquiagem para fazê-la durar mais tempo no rosto. Outro benefício do produto é fazer a base deslizar melhor sobre a pele.
LEIA TAMBÉM: Por que ex-BBBs e celebridades estão cada vez mais parecidos?
Foram mais de 10 milhões de vídeos. Em parte deles, as pessoas elogiaram a textura “gostosa” que o lubrificante deu à pele: “macia e brilhante”, concordavam. O efeito até surpreendeu céticos que entraram na trend.
O que ninguém conta
Lubrificante como primer vira desafio no TikTok
Reprodução/TikTok
Ninguém voltou para contar algumas coisinhas importantes: A maquiagem realmente ficou fixada na pele ou derreteu? Rolou algum tipo de efeito colateral, como espinhas ou irritação?
O silêncio dos tiktokers é parcialmente respondido por dermatologistas: eles não recomendam o uso do lubrificante no rosto de maneira alguma.
“Usar esse tipo de gel para dar brilho à pele pode representar provocar manchas e queimaduras”, alerta a médica Priscila Câmara de Camargo.
Mancha ou queimação são efeitos graves, mas raros. O comum, e também preocupante, é o produto fechar os poros e, por isso, causar pequenos problemas de pele.
“Produtos altamente oclusivos, como o gel lubrificante, que possui óleos derivados do petróleo, não podem ser aplicados no rosto, já que nele existem glândulas sebáceas, que sofrem com essa oclusão. Essa ‘brincadeira’ pode aumentar a secreção de gordura, ocasionando cravos e espinhas, podendo resultar em manchas, dermatites e até queimaduras”, explica a dermatologista.
Cuidado: vaselina
Lubrificante diminui o atrito do aparelho com a pele, tornando a atividade mais agradável
Panty Nova | Reprodução
Alguns lubrificantes têm vaselina na fórmula, para escorregar mais fácil. Mas no rosto, ela não é uma substância indicada: pode levar à retenção de umidade e proliferação de microrganismos, explica Carmargo.
A pele “lisinha” é só um efeito de humidade, uma falsa sensação de hidratação.
Quase todos os vídeos, feitos por norte-americanos, usam a mesma marca de lubrificantes. A empresa curtiu a brincadeira, mas alertou quem entrou na onda. “Agradecemos a criatividade aqui (e sua maquiagem parece ótima), mas não recomendamos o uso de nossos lubrificantes no rosto como pré-maquiagem”, escreveu.