O Assunto #274: A corrida por meteoritos no sertão nordestino


No semiárido pernambucano, Santa Filomena, cidade de 14 mil habitantes, foi atingida por uma chuva de meteoritos. O fenômeno atraiu pesquisadores e até caçadores de diversas partes do mundo – as pedras valem até R$ 40 por grama. Você pode ouvir O Assunto no G1, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga O Assunto, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.
No semiárido pernambucano, onde pouco chove, o município de Santa Filomena, a mais de 600 km de Recife, viu cair pedras do céu. Era chuva, mas de meteoritos. Fragmentos do espaço, que podem ser mais antigos do que a própria Terra, surpreenderam a população de 14 mil habitantes e atraíram pesquisadores e caçadores de diversas partes do mundo. Todos em perseguição às pedras, que valem muito dos pontos de vista científico (dada suas composições químicas singulares) e financeiro (o valor do grama chegou a ser comercializado por R$ 40 – e uma das rochas pesa 38 kg). Neste episódio, Márcio Gomes conversa com a repórter do G1 Lais Modelli, que revelou a história da corrida pelas pedras e os problemas jurídicos para definir quem são os donos legais dos meteoritos. Em sua apuração, Lais falou com moradores, pesquisadores, caçadores e autoridades – recebeu telefonema até do ministro Marcos Pontes, da Ciência, Tecnologia e Inovações. Participa também o astrônomo Antônio Carlos Miranda, professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco, que luta para manter os meteoritos em Santa Filomena e desenvolver um polo científico na cidade.
O que você precisa saber:
Pesquisadores e ‘caçadores’ internacionais disputam meteoritos após chuva de pedras no sertão pernambucano
‘Não sabemos o que fazer’, diz prefeito da cidade no sertão pernambucano que atraiu ‘caçadores’ de meteoritos após chuva de pedras
‘Virou um pesadelo’, diz esposa de homem que encontrou meteorito de 38 kg na divisa entre Pernambuco e Piauí
Meteoritos que caíram no Sertão de PE são da época da formação do sistema solar, dizem pesquisadoras da UFRJ
Corrida por meteoritos deve motivar regulamentação do tema, diz ministro da Ciência
O podcast O Assunto é produzido por: Rodrigo Ortega, Gessyca Rocha, Luiz Felipe Silva, Thiago Kaczuroski, Giovanni Reginato, Mônica Mariotti e Renata Bitar. Apresentação: Márcio Gomes.

Comunicação/Globo
O que são podcasts?
Um podcast é como se fosse um programa de rádio, mas não é: em vez de ter uma hora certa para ir ao ar, pode ser ouvido quando e onde a gente quiser. E em vez de sintonizar numa estação de rádio, a gente acha na internet. De graça.
Dá para escutar num site, numa plataforma de música ou num aplicativo só de podcast no celular, para ir ouvindo quando a gente preferir: no trânsito, lavando louça, na praia, na academia…
Os podcasts podem ser temáticos, contar uma história única, trazer debates ou simplesmente conversas sobre os mais diversos assuntos. É possível ouvir episódios avulsos ou assinar um podcast – de graça – e, assim, ser avisado sempre que um novo episódio for publicado.