Nicki Minaj terá que pagar R$ 2,4 milhões por vazar faixa não autorizada por Tracy Chapman


Rapper foi condenada nos EUA usar trechos de “Baby Can I Hold You” na faixa “Sorry” e, após tentar e não conseguir autorização da autora, vazar a faixa para ser divulgada por DJ de rádio. Nicki Minaj posa para fotógrafos ao chegar ao Met Gala no Metropolitan Museum of Art, em Nova York, em 6 de maio
Angela Weiss/AFP
Nicki Minaj foi condenada a pagar US$ 450 mil (R$ 2,4 milhões) por usar sem autorização trechos de “Baby Can I Hold You”, de Tracy Chapman, na faixa “Sorry”.
A faixa foi vazada pela própria Nicki para um DJ de rádio dos EUA, já que não poderia ser lançada oficialmente, segundo o site “The Hollywood Reporter”.
Tracy Chapman entrou com a ação em outubro de 2018, após o lançamento do disco “Queen”, de Nicki Minaj.
A rapper tentou incluir a faixa no álbum, mas Chapman, conhecida por negar todos os pedidos de samples de sua obra, não permitiu.
Minaj, então, enviou a música para o DJ Funkmaster Flex, que divulgou a faixa e a fez circular na internet.