Nasa apresenta roupas espaciais que serão usadas em missão na Lua

A Nasa apresentou na terça-feira (15) as novas roupas espaciais projetadas para serem usadas na Lua. A missão Artemis, projeto aeroespacial dos EUA, pretende levar a primeira mulher astronauta que caminhará em solo lunar em 2024

O novo traje que será usado nas missões Artemis é chamado de Unidade de Mobilidade Extravehicular de Exploração, ou xEMU. Apesar de serem protótipos, a apresentação da Nasa permite ter uma noção de como serão os equipamentos usados na próxima missão para a Lua

Uma das preocupações é que a roupa resista ao ambiente hostil da Lua. O corpo dos astronautas deve ser protegido de altas temperaturas, da radiação e da pressão atmosférica reduzida. Outra preocupação é selar tudo para que a fina poeira da Lua não danifique equipamentos e coloque em risco o astronauta

Durante a caminhada espacial, a roupa será capaz de proteger os astronautas também de temperaturas de até 120 ºC. Essa temperatura pode ser alcançada em regiões da Lua onde a luz do Sol possa incidir

Além de mais seguras do que as roupas usadas pela tripulação das missões Apollo, os novos trajes serão mais confortáveis. A Nasa garante que ombros, joelhos e quadris poderão ter movimentos mais amplos. As roupas também são equipadas com uma espécie de frauda para que as necessidades sejam feitas dentro da roupa durante a caminhada

O sistema de comunicação também será aprimorado. Desta vez, o áudio será capturado por microfones espalhados dentro do capacete. A viseira também deve ficar mais fácil de ser trocada e ajustada mesmo durante o uso

Os novos trajes poderão ser adaptados para serem usados tanto na Lua como em outras missões pelo Sistema Solar. A ideia da Nasa é que a Lua seja apenas uma primeira parada antes de enviar uma missão tripulada para Marte. O primeiro teste dos trajes espaciais deve ocorre em dois anos ainda na Estação Espacial Internacional, na órbita da Terra