Musk diz que vidro ‘indestrutível’ de picape quebrou por erro na ordem dos testes


Dono da Tesla afirmou que marretada na porta afetou a base das janelas. Por isso, vidros estilhaçaram quando bolas de aço foram arremessadas. Tesla Cybertruck com as janelas quebradas
AFP
Depois do fiasco na apresentação da primeira picape elétrica da Tesla, o presidente-executivo da empresa, Elon Musk, disse, no Twitter, que o vidro “inquebrável” da Cybertruck quebrou, na verdade, por uma falha na ordem dos testes durante a apresentação, na última sexta-feira (22).
Conheça o Cyberquad, o quadriciclo elétrico da Tesla
Na ocasião, Musk prometeu vidros que não quebram. Porém, após duas bolas de aço serem jogadas contra as janelas dianteira e traseira, ambas estilhaçaram.
Initial plugin text
O dono da Tesla explicou que um teste feito antes, de bater com uma marreta nas portas do modelo, fizeram com que a base das janelas quebrassem. Por isso, segundo Musk, os vidros não aguentaram as pancadas das bolas de aço.
Por fim, Musk disse que, da próxima vez, os testes devem ser feitos na ordem inversa.
Anúncio de caminhonete elétrica da Tesla com ‘vidro inquebrável’ termina em vexame
Sucesso no mercado
Apesar do constrangimento na apresentação, e do visual controverso, Musk comemorou os bons resultados nas encomendas do modelo. Ainda neste domingo (24), ele afirmou que foram encomendadas 200 mil unidades do Cybertruck, que custa a partir de US$ 40 mil.
O site da empresa mostra que é necessário um pagamento imediato de US$ 100 para reservar o Cybertruck.
A aparência geral do veículo elétrico preocupou Wall Street na sexta-feira, levando as ações da montadora a caírem 6,1%.
Musk também disse no Twitter que o Cybertruck é o último produto da Tesla a ser anunciado por um tempo. A produção da picape terá início no final de 2021.
Tesla Cybertruck
Divulgação/Tesla