Músicas para descobrir em casa – ‘A paz do meu mundo é você’ (Dom Mita, 1973) com Tim Maia


Capa de ‘Tim Maia’, álbum de 1973 que apresentou a gravação original da balada ‘A paz do meu mundo é você’, de Dom Mita
Ricardo Vicq
♪ MÚSICAS PARA DESCOBRIR EM CASA – A paz do meu mundo é você (Dom Mita, 1973) com Tim Maia
♪ Quando o movimento Black Rio floresceu ao longo dos anos 1970, nos subúrbios cariocas, nomes como Cassiano, Tim Maia (1942 – 1998) e Hyldon logo sobressaíram em meio aos muitos cantores, compositores e músicos brasileiros identificados com o soul e o funk que explodiram nos Estados Unidos na década anterior e que reverberavam nos bailes da pesada, às vezes à moda brasileira.
Nem todos conseguiram a fama nacional a que faziam jus. O cantor, compositor e percussionista paulista Nilton Luiz Ferreira (23 de abril de 1940 – 2 de fevereiro de 2002) – conhecido artisticamente como Dom Mita – foi um desses artistas que militaram quase anonimamente no movimento Black Rio ao lado de colegas como Carlos Dafé (de quem foi parceiro) e Gerson King Combo, deixando obra que transitou entre o soul e o samba.
À margem do mercado fonográfico, Mita construiu discografia que totalizou quatro álbuns e nove singles editados entre 1970 e 2000. Curiosamente, Dom Mita nunca gravou na própria obra fonográfica uma grande balada soul de autoria dele, A paz do meu mundo é você, apresentada por Tim Maia no quarto álbum do cantor e compositor carioca, Tim Maia (1973), produzido pelo próprio artista.
Nunca regravada por Tim, por Mita e ou por outro intérprete, A paz do meu mundo é você foi lançada – na disposição do LP original de 1973 – como a quarta faixa do lado B. Era a décima das 12 músicas desse álbum.
Com três minutos e nove segundos, a gravação de Tim Maia é lapidar. Nesse único registro fonográfico, a balada A paz do meu mundo é você apareceu envolvida em cordas e metais em arranjo grandioso, quase épico.
Em plena forma vocal, Tim pôs toda a potência do timbre grave de baixo-barítono com tessitura de barítono. Os floreios vocais do cantor ao fim da gravação de A paz do meu mundo é você atestaram o momento áureo do intérprete.
Infelizmente, poucos ouviram a balada de Dom Mita. Eclipsada pelo sucessos dos dois sambas-soul que impulsionaram as vendas do álbum Tim Maia, Gostava tanto de você (Edson Trindade, 1973) e Réu confesso (Tim Maia, 1973), A paz do meu mundo é você chegou somente aos ouvidos de quem conhece profundamente a discografia do cantor. O que é uma pena…
Artistas e público revivem sempre as mesmas músicas do repertório de Tim Maia, ignorando a beleza dessa canção de acento soul em que Dom Mita versou sobre um coração pacificado pelo amor.
♪ Ficha técnica da Música para descobrir em casa 9 :
Título: A paz do meu mundo é você
Compositor: Dom Mita
Intérprete original: Tim Maia
Álbum da gravação original: Tim Maia
Ano da gravação original: 1973
Regravações que merecem menções: A música A paz do meu mundo é você nunca foi regravada.
♪ Eis a letra de A paz do meu mundo é você :
“Paz na Terra
É sonho que não morre
Vem meu amor, eu te amo
Vou buscar a paz que eu tanto quero
A paz do meu mundo é você
Já cansei de protestar em vão
Só existe a paz no coração
De quem ama e é amado
Ter você, amor que eu tanto quero,
A paz no meu mundo é você
Só tem jeito de mudar meu rumo
A paz do meu mundo é você
Já cansei de protestar em vão
Só existe a paz no coração
De quem ama e é amado
Ter você, amor que eu tanto quero,
A paz do meu mundo é você
Só tem um jeito, vou mudar meu rumo
A paz do meu mundo é você”