Mourão diz que setor privado será ‘protagonista do desenvolvimento sustentável’ na Amazônia

Vice-presidente afirma que Estado não terá o papel central no processo. Ele participou de painel com representantes de países que abrigam a floresta amazônica. O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, declarou nesta terça-feira (11) que o setor privado será o “protagonista do desenvolvimento sustentável” da Amazônia. Esse protagonismo não caberá ao poder público, na opinião de Mourão, que chefia o Conselho Nacional da Amazônia Legal.
Mourão participou de uma videoconferência com representantes de países que abrigam a floresta amazônica, como Colômbia, Peru e Bolívia. Também nesta terça ocorrerá um encontro, por vídeo, com os presidentes dos países amazônicos.
Em seu discurso, lido em espanhol, Mourão destacou a importância de incentivar a bioeconomia como forma de desenvolver e preservar a floresta. Para ele, as empresas serão protagonistas nesse processo que exige criatividade e inovação, características “próprias do espírito empreendedor do setor privado”.
“O protagonista do desenvolvimento sustentável na Amazônia será o setor privado, não o Estado”, disse Mourão.