Moacyr Luz e Samba do Trabalhador realizam live no Renascença Clube, no Andaraí, na segunda-feira


Transmissão de roda de samba promove campanha de arrecadação para ajudar grupo. É a primeira vez que os integrantes se reúnem desde o início da pandemia. Samba do Trabalhador comemorou 15 anos neste ano
Divulgação/Marluci Martins
O cantor Moacyr Luz e o Samba do Trabalhador se reúnem, pela primeira vez desde o início da pandemia do novo coronavírus, para uma live no Renascença Clube, no Andaraí, na Zona Norte do Rio. O encontro está marcado para esta segunda-feira (3), dia da semana em que a tradicional roda de samba ocorria.
Durante 15 anos, o evento já recebeu milhares de pessoas nas ruas do Andaraí, mas dessa vez o samba é transmitido ao vivo. A roda de samba não é aberta ao público.
Samba do Trabalhador comemora 15 anos com show no Circo Voador
Indústria do entretenimento tem 450 mil desempregados, e prejuízo deve chegar a R$ 70 bi
“A saudade é imensa. Dos amigos, do público, do Rena. A nossa vontade, claro, era voltar com tudo, com a casa cheia, mas como isso ainda não é possível, essa live ao lado dos meus companheiros do Samba do Trabalhador já vai aquecer em parte o coração. Esperamos que todos acompanhem de suas casas com a mesma alegria que éramos recebidos todas as segundas. E em breve estaremos juntos novamente”, disse o cantor e integrante do grupo Moacyr Luz.
Moacyr Luz e o Samba do Trabalhador se reúnem para fazer live no Renascença Clube
Divulgação/Marluci Martins
O grupo já realizou outras lives durante a pandemia, mas cada um na própria casa. Agora reunidos, o grupo afirmou que todos os protocolos sanitários e de distanciamento devem ser respeitados para evitar a propagação do novo coronavírus.
A live também promove uma campanha de arrecadação para ajudar os integrantes do Samba do Trabalhador, que tiveram eventos paralisados e a principal fonte de renda suspensa. A iniciativa busca auxiliar profissionais como músicos, produtores, seguranças e bilheteiros. Doações podem ser realizadas por meio de um site.
A roda de samba conta com grandes clássicos e músicas do disco “Fazendo Samba”, lançado pela equipe em janeiro deste ano.
Trabalhadores do samba se mostram ‘loucos’ de inspiração na roda armada por Moacyr Luz em belo disco
O Samba do Trabalhador é formado por Moacyr Luz (voz e violão), Daniel Neves (violão de 7 cordas), Alexandre Marmita (voz e cavaco), Gabriel Cavalcante (voz e cavaco), Nego Alvaro (voz e percussão), Luiz Augusto Lima Guimaraes (percussão), Nilson Visual (surdo), Junior De Oliveira (percussão) e Mingo Silva (voz e pandeiro).
A transmissão ocorre a partir das 17h no canal de Moacyr Luz e da Cerveja Praya.
Moacyr Luz e Samba do Trabalhador realizam live nesta segunda-feira (3)
Divulgação/Marluci Martins