Minissérie vai contar a vida de Mike Tyson com Jamie Foxx no papel do boxeador


Martin Scorsese será produtor e Antoine Fuqua será diretor; série ainda não tem emissora definida. Observado por Spike Lee, Mike Tyson canta durante a coletiva de imprensa em que anunciou a temporada na Broadway do monólogo ‘Mike Tyson: Undisputed truth’
Keith Bedford/Reuters
Uma minissérie de TV inspirada na vida de Mike Tyson está em andamento, com o comediante Jamie Foxx no papel-título e Martin Scorsese na produção, disse o boxeador em um comunicado enviado à AFP nesta segunda-feira, confirmando uma informação do site da revista “The Hollywood Reporter”.
Um assessor de imprensa do diretor americano Antoine Fuqua (“Training Day”, “Equalizer”) disse que ele vai dirigir a minissérie. Nenhum acordo foi fechado com uma emissora, de acordo com o Hollywood Reporter.
“Há muito tempo procuro alguém para contar minha história”, disse Mike Tyson, que acredita que seu recente retorno aos ringues e a “empolgação dos fãs” tornam este “o momento perfeito”.
“Estou ansioso para trabalhar com Martin (Scorsese), Antoine (Fuqua), Jamie (Foxx) e toda a equipe criativa para trazer ao público uma série que captura minha trajetória profissional e pessoal, mas também inspira e diverte”, disse o ex-boxeador.
Jamie Foxx em cena de ‘Em ritmo de fuga’
Divulgação
No dia 28 de novembro, “Iron Mike” voltou aos ringues, aos 54 anos, contra Roy Jones Jr (de 51 anos), com um empate, como parte de uma nova liga de ex-astros do esporte criada por Mike Tyson, a “Legends Only League”.
Nascido no Brooklyn, Mike Tyson é uma das figuras mais icônicas da história do boxe. Mais jovem campeão mundial dos pesos pesados da principal categoria, aos 20 anos e 4 meses, “Kid Dynamite” fascinou o mundo com a força de seu soco e seu constante empenho nas lutas.
No âmbito esportivo, ele emendou momentos de glória, com destaque para uma série de 37 lutas sem derrota no início de sua carreira, e as quedas, com uma derrota improvável em 1991 alem de uma luta tragicômica contra Evander Holyfield em 1996.
Ele também alternou glória e declínio no nível pessoal. Foi condenado por estupro, preso e foi dependente de cocaína, antes de viver um renascimento, há pouco mais de dez anos.
No final de fevereiro, a plataforma Hulu (Disney) anunciou a produção de outra minissérie sobre Mike Tyson, chamada “Iron Mike”.
O ex-boxeador havia dito que este projeto foi realizado sem o seu consentimento e que ele não receberia nenhum direito de sua exploração. Ele havia denunciado a “ganância” da Hulu e a “apropriação” de sua história, pedindo um boicote à plataforma.