Mestre da rabeca, Luiz Paixão lança primeiro single de álbum forrozeiro agendado para junho


♪ Nascido em 1949, na cidade pernambucana de Aliança (PE), terra do maracatu rural, Luiz Paixão é o herdeiro de família de agricultores e tocadores de rabeca da Zona da Mata Norte. Cultivada desde a adolescência, vivida no campo, a habilidade no manuseio da rabeca gerou o nome artístico Mestre Luiz Paixão.
É como mestre que Luiz Paixão assina Forró de rabeca, álbum que lançará em junho pelo Selo Sesc, ampliando discografia iniciada tardiamente, em 2005, com o álbum Pimenta com pitu, produzido pela Renata Rosa, compositora e também tocadora de rabeca.
A partir de sexta-feira, 30 de abril, o primeiro single do álbum Forró de rabeca entra em rotação nos aplicativos de música. Trata-se do tema instrumental Amor amor amor, gravado por Paixão com a mesma Renata Rosa. Amor amor amor é composição de domínio público, associada à rabeca, espécie de violino de toque rústico.
Capa do single ‘Amor amor amor’, de Mestre Luiz Paixão com Renata Rosa
Divulgação
O tema Amor amor amor compõe o repertório do Cavalo Marinho Pernambucano, dança típica da região que combina demonstrações de trupes (passos), evoluções coreográficas, toadas (cantos) e figuras mascaradas.
Por tradição, a brincadeira popular do Cavalo Marinho acontece no período natalino, mas foi em abril de 2020 que Luiz Paixão gravou o álbum Forró de rabeca, no estúdio Gargolândia, em São Paulo, com produção musical e arranjos de João Selva, também diretor artístico do disco, cujo repertório é pautado por ritmos do nordeste do Brasil.