Membros de sindicato de Hollywood aprovam novo contrato com produtores de TV e Cinema


Acordo com a Aliança de Produtores de Cinema e Televisão foi atingido após sindicado ameaçar greve que ameaçou suspender todas as produções de cinema e televisão nos EUA. Equipe desmonta equipamento após tarde de gravações em Los Angeles, na Califórnia. Imagem de agosto de 2009
REUTERS/Sam Mircovich/Arquivo
Membros de um sindicato que representa 60 mil trabalhadores do setor do audiovisual nos Estados Unidos aprovaram por margem estreita um novo contrato com produtores, afirmou o sindicato IATSE nesta segunda-feira (15).
A Aliança Internacional de Trabalhadores de Palcos Teatrais (IATSE, na sigla em inglês), que inclui operadores de câmera, maquiadores e técnicos de som, entre outros, disse em nota que seus associados aprovaram em votação a ratificação de um contrato de três anos que foi acordado no mês passado.
A votação foi apertada, com 50,3% dos membros votando a favor e 49,7% votando contra, anunciou a IATSE.
O acordo com a Aliança de Produtores de Cinema e Televisão (AMPTP) foi atingido em outubro após o sindicado ameaçar uma greve que ameaçou suspender todas as produções de cinema e televisão nos Estados Unidos na maior paralisação desde a greve de roteiristas de Hollywood entre 2007 e 2008.
A greve poderia ter atingido uma série de empresas de mídia, incluindo Netflix Inc, Walt Disney Co e Comcast Corp.
Vídeo: Academia de Hollywood cria cotas e critérios de inclusão para Oscar de Melhor Filme:
Academia de Hollywood cria cotas e critérios de inclusão para Oscar de Melhor Filme