Medicamento para câncer de próstata é incluído na lista do SUS

Fármaco é mais uma alternativa para tratar o câncer de próstata metastático, quando a doença progride mesmo após a castração e a quimioterapia. O Sistema Único de Saúde (SUS) passa a contar com mais um medicamento para o tratamento contra o câncer de próstata: o abiraterona.
A medida foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (25) após avaliação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec).
Câncer de próstata diagnosticado no início pode ter 90% de chance de cura
De acordo com o Conitec, o medicamento é mais uma alternativa para tratar o câncer de próstata metastático, quando a doença progride mesmo após a castração e a quimioterapia.
De acordo com a portaria, a oferta ao SUS deverá ser efetivada no prazo máximo de 180 dias.
O Ministério da Saúde informa que o câncer de próstata é o segundo tipo mais frequente entre os homens, atrás do câncer de pele. Em 2018, a estimativa era de que haveria 68 mil novos casos.