Material transparente permite mãe ver bebê nascendo na cesárea

Campo transparente permite mães acompanharem nascimento de seus bebês

Campo transparente permite mães acompanharem nascimento de seus bebês
Divulgação Maternidade Pro Matre Paulista

Em vez de um tecido azul ou verde – chamado de campo cirúrgico – que impede a mãe de ver o momento exato do nascimento do bebê, um material transparente permite que ela vivencie esse momento durante o parto cesárea. Essa é a proposta de algumas maternidades de São Paulo para aproximar mãe e o bebê no momento do nascimento. 

“Muitas mães queriam acompanhar a saída de seus bebês na cesárea e, para isso, algumas vezes abaixávamos o campo cirúrgico para que elas pudessem ver. Porém, esse plástico é usado para isolar a área aberta para o parto, evitando infecções e, ao abaixar esse campo cirúrgico, o risco é aumentado. Por isso, para promover a segurança e a humanização do parto, resolvemos colocar o campo transparente”, afirma a ginecologista e obstetra Carolina Burgarelli, da Maternidade Pro Matre Paulista, em São Paulo.

Leia também: Parto natural está virando tendência, afirmam especialistas

Segundo a médica, outras medidas utilizadas para humanizar mais o parto de mulheres que optam pela cesárea são o acompanhamento da gestante por uma pessoa que ela confie, a presença do bebê por mais tempo na sala de parto e a recuperação da anestesia junto ao bebê, sendo ambos encaminhados juntos para o quarto.

“O contato precoce entre a mãe e a criança é importante para que haja um fortalecimento de vínculo entre os dois, fornecendo a adaptação entre eles e gerando proteção emocional. Além disso, esse contato estimula a amamentação, que é importante para o bebê”, afirma a obstetra.

Saiba mais: Entenda o que permite a realização do parto normal, como de Meghan

Carolina explica que, quando o campo transparente é usado, a mulher consegue acompanhar tudo o que está acontecendo do outro lado. O campo de visão pode ser limitado na hora do corte do abdome para a saída do bebê, mas a costura é observada.

Caso a mulher queira acompanhar o nascimento, mas tenha medo de ver sangue ou de acompanhar outros procedimentos que não sejam a saída da criança, o campo transparente pode ser coberto com um pano ou com o outro campo cirúrgico, que não permitem a observação.

O uso do campo transparente não é obrigatório e pode ser combinado com a gestante antes da realização do parto. Ele é contraindicado em casos de instabilidade da mãe ou do bebê e em partos de urgência, visando garantir, primeiramente, a saúde dos dois. 

Veja também: O que dá para saber do bebê quando ainda está na barriga da mãe

O parto cesárea com campo transparente é oferecido nas maternidades Pro Matre Paulista e Hospital e Maternidade Santa Joana, em São Paulo. Não há custo adicional. 

*Estagiária do R7 sob supervisão de Deborah Giannini

Parto na água ou na maternidade? Conheça cada tipo de parto: