Luiz Melodia é celebrado por Pedro Luís e Jane Reis, viúva do cantor, no single ‘Passarinho viu’


Artistas refazem dueto apresentado em 1980 no quarto álbum do ‘Negro gato’. ♪ Musa de Luiz Melodia (7 de janeiro de 1951 – 4 de agosto de 2017) de 1977 até a saída de cena do artista, há quatro anos, a baiana Jane Reis – viúva do artista carioca – inspirou o poeta do Estácio a compor músicas como Cara a cara (Luiz Melodia e Renato Piau, 1991) e figurou na discografia do Negro gato como cantora e parceira.
No quarto álbum de Melodia, Nós (1980), Jane fez dueto com o cantor em Passarinho viu, música composta pelo casal. Decorridos 41 anos, Jane volta a cantar Passarinho viu, desta vez em dueto com Pedro Luís.
Programado para ser lançado na quarta-feira, 7 de julho, em edição da gravadora Deck, o single Passarinho viu faz parte de Toda melodia, projeto comemorativo dos 70 anos que Luiz Melodia teria completado em janeiro deste ano de 2021.
Pedro Luís e Jane Reis na gravação da música ‘Passarinho viu’
Divulgação
O projeto Toda melodia abarca o clipe da gravação de Passarinho viu – filmado em versão 360º em clareira na mata – e mini documentário que, através de bate papo entre Jane Reis e Pedro Luís, lembra momentos marcantes da trajetória de Luiz Melodia com fotos e imagens inéditas.
Além de ter sido influenciado pela obra carioca de Melodia, Pedro Luís – cabe lembrar – abordou há três anos a obra do compositor de Juventude transviada (1975) em show, Pérolas negras – Homenagem a Luiz Melodia (2018), que gerou disco de estúdio, Vale quanto pesa – Pérolas de Luiz Melodia (2018).
A propósito, foi com os mesmos músicos do disco – Elcio Cafaro (bateria), Miguel Dias (baixo) e Pedro Fonseca (teclados) – que Pedro Luís revisitou Passarinho viu com Jane Reis, reeditando o dueto do álbum de 1980 e reforçando a conexão com a obra de Luiz Melodia.
Pedro Luís reforça a conexão com a obra de Luiz Melodia no single programado para 7 de julho
Divulgação