Lô Borges mantém viva a chama autoral e grava álbum com parcerias inéditas com a letrista Patricia Maês


Milton Nascimento participa do disco na canção ‘Veleiro’. ♪ Com impressionante vitalidade autoral para quem já contabiliza 50 anos de carreira, Lô Borges tem mantido a média de um álbum autoral por ano com músicas inéditas, compostas com um determinado parceiro letrista. O próximo álbum se intitula Chama viva e está em fase de gravação.
No álbum Chama viva, a parceria do compositor mineiro é com a escritora e compositora (letrista) Patricia Maês, mulher de Lô.
Na discografia recente do artista, Chama viva sucede os álbuns Muito além do fim (2021), Dínamo (2020) e Rio da lua (2019) – discos centrados nas parcerias de Lô com o irmão Marcio Borges, com o poeta piauiense Makely Ka e com o conterrâneo mineiro Nelson Angelo.
Com lançamento previsto para o primeiro semestre de 2022, o álbum Chama viva conta com a participação de Milton Nascimento na canção Veleiro.