Livraria Barnes & Noble cancela campanha com personagens negros em capas de livros clássicos após críticas


Batizadas de ‘edições da diversidade’, novas impressões traziam pessoas negras nas capas de obras como ‘Romeu e Julieta’ e ‘O mágico e Oz’. Livraria Barnes & Noble criou campanha que colocava personagens negros em capas de livros clássicos
Divulgação/ Barnes & Noble
A livraria Barnes & Noble cancelou a campanha “Edições da diversidade”, que trazia reimpressões de livros clássicos com personagens negros na capa, após receber críticas.
A maior livraria de varejo dos Estados Unidos iria realizar nesta quinta (6) um evento de lançamento da campanha na loja da Quinta Avenida, em Nova York.
“Reconhecemos as vozes que expressaram preocupações sobre o projeto ‘Diverse Editions’ em nossa loja da Barnes & Noble a quinta avenida e decidimos suspender a iniciativa. ‘Diverse Editions’ apresentou novas capas de livros clássicos através de uma série limitada, desenhadas por artistas vindos de diferentes etnias e origens”, disse a empresa em comunicado.
“As capas não são substitutas para vozes e autores negros, cujos trabalhos e vozes precisam ser ouvidos.”
A campanha era uma iniciativa da Barnes & Noble em parceria com a Penguin Random House para celebrar o mês da história negra, comemorado nos Estados Unidos.