‘Liga da Justiça’: Ray Fisher reclama de ambiente abusivo no set, Warner abre investigação, mas diz que ator não colabora


Ator que interpretou Ciborgue no longa pediu investigação de diretor Joss Whedon e produtores Geoff Johns e Jon Berg. Em meio a troca de acusações, nova edição do filme estreia em 2021. Ray Fisher, Ben Affleck, Jason Momoa, Ezra Miller e Gal Gadot formam a ‘Liga da Justiça’
Divulgação
Após o ator Jay Fisher, que interpretou Ciborgue em “Liga da Justiça”, ter reclamado de um ambiente abusivo no set do filme, a Warner abriu uma investigação para apurar o caso, mas disse, nesta sexta (4), que o ator não tem cooperado com a apuração.
Entenda o caso:
Em julho, Jay Fisher acusou o diretor e roteirista Joss Whedon e os produtores Jon Berg e Geoff John de mau comportamento durante a produção: “O tratamento de Joss Whedon com o elenco e a equipe de ‘Liga da Justiça’ foi grosseiro, abusivo, não profissional e completamente inaceitável. Ele foi permitido, de várias maneiras, por Geoff Johns e Jon Berg”, disse.
Em agosto, a Warner anunciou que iria abrir uma investigação interna para apurar o caso.
Nesta sexta (4), o ator disse que recebeu uma ligação do presidente da DC Films, durante a qual ele tentou fazer com que as críticas se centrassem em Whedon e Berg e livrassem Johns.
No mesmo dia, a Warner emitiu um comunicado em que dizia ser mentira esse pedido e acusou Fisher de não colaborar com a apuração: “o Sr. Fisher insistiu que a WarnerMedia contratasse um investigador independente. Este investigador tentou várias vezes se encontrar com o Sr. Fisher para discutir suas preocupações, mas, até o momento, ele se recusou a falar”, declarou a empresa.
Neste sábado (5), o ator disse que conversou com o investigador em 26 de agosto. Ele mostrou um e-mail trocado com sua equipe, no qual dizia que o investigador não era independente, mas contratado pela Warner. Segundo o ator, a empresa tenta “desacreditá-lo”.
Em meio a essa troca de acusações, uma nova versão de “Liga da Justiça” vai ser lançada em 2021, editada pelo diretor Zack Snyder.
Assista ao trailer do ‘SnyderCut’ de ‘Liga da Justiça’
Snyder comandou a maior parte das gravações do filme, mas teve de se afastar da produção antes da conclusão por causa da morte de sua filha. Com isso, quem assumiu foi Joss Whedon, diretor dos dois primeiros filmes dos “Vingadores”.
A versão do diretor vai ser lançada pela HBO Max, novo serviço digital de vídeos da AT&T e da WarnerMedia.