Kristen Bell e Jenny Slate param de dublar personagens birraciais em desenhos


Atrizes brancas interpretavam jovens filhas de pais brancos e negros nas animações ‘Big Mouth’ e ‘Central Park’. Kristen Bell no tapete vermelho de “Frozen 2”, em 2019, e Molly, personagem que interpretava em ‘Central Park’
Valerie Macon/AFP e Divulgação
Duas atrizes brancas anunciaram nesta terça-feira (24) que vão deixar de interpretar personagens birraciais, filhas de pais brancos e negros, em animações americanas.
Os criadores do desenho “Central Park” afirmaram que Kristen Bell (“The good place”) vai deixar de dublar a jovem Molly, e outra atriz será escalada para o papel.
“Depois de reflexão, Kristen, junto de todo o time criativo, reconhece que a escalação de Molly é uma oportunidade de acertar na representação — para escalar uma atriz negra ou de raça mista e dar a Molly uma voz que ressoe com todas as nuances e experiências da personagem assim como a desenhamos”, afirmou a equipe em nota.
Decisão parecida foi tomada em “Big Mouth”. A atriz Jenny Slate (“Venom”) afirmou que vai parar de interpretar Missy.
Jenny Slate em cena do filme ‘Um laço de amor’ e Missy, personagem que dublava em ‘Big Mouth’
Divulgação
“No começo do programa, eu raciocinei comigo mesma que era admissível que eu interpretasse Missy porque a mãe dela é judia e branca — assim como eu”, afirmou a atriz em sua conta no Instagram.
“Mas Missy também é negra, e personagens negros em programas animados devem ser interpretados por pessoas negras.”
As trocas acontecem durante um grande movimento que toma os Estados Unidos contra o racismo e a favor da representatividade.
Nesta segunda-feira (23), uma carta aberta assinada por mais de 300 atores e executivos negros pedia que Hollywood se afastasse de narrativas policiais e investisse em narrativas antirracistas.