Kris Jenner é processada por assédio sexual contra ex-segurança, diz revista


Matriarca da família Kardashian Jenner nega acusações. Kris Jenner, mãe de Kim Kardashian, se emociona ao falar sobre transição de gênero do ex-marido Bruce Jenner
Reprodução/Today.com
Kris Jenner é processada por assédio sexual contra ex-segurança. Entre as acusações, também constam discriminação racial e por gênero, segundo a revista “People”, que teve acesso aos documentos judiciais.
Quem faz as queixas é Marc McWilliams, que trabalhou para a família entre 2017 e 2018, contratado por uma empresa de segurança.
Ele também diz que seu contrato foi encerrado sem motivo. Segundo o advogado da família, Marty Singer, a empresa parou de oferecer trabalhos porque percebeu mau comportamento.
“A empresa de segurança parou de chamar McWilliams para trabalhar lá depois que o guarda foi pego repetidamente dormindo em seu carro no trabalho”, disse à “People”.
McWilliams também cita Kourtney Kardashian, filha mais velha de Jenner, como ré. O advogado disse à imprensa americana que Jenner e Kardashian negam as acusações e classificou as alegações como “absurdas e fabricadas”.