Juliette relembra morte de irmã no ‘Encontro’: ‘Ela foi embora e prometi que ia viver por mim e por ela’


Vencedora do ‘BBB21’ falou sobre a morte de Juliene, aos 17 anos, após sofrer um AVC, e contou que um dos episódios de seu documentário será dedicado à irmã. ‘Vocês vão poder conhecê-la.’ Juliette relembra morte da irmã no ‘Encontro’: ‘Ela foi embora e prometi que ia viver por mim e por ela’
Reprodução/Globo
Convidada do programa “Encontro” desta sexta-feira (2), Juliette falou sobre a morte da irmã, Juliene, aos 17 anos, após sofrer um AVC.
Antes de sua participação na atração, a vencedora do “BBB21” fez um post marcando o aniversário de morte da caçula.
“Era 2/7 e você virava uma estrela. Prometi que te faria sorrir. Espero que esteja orgulhosa. Você vive em mim”, escreveu Juliette no post.
Juliette faz um post marcando o aniversário de morte da irmã
Reprodução/Instagram
No programa, a campeã do reality contou que a morte da irmã fez com que ela começasse a viver com maior senso de finitude.
“Eu vivo minha vida com senso de finitude muito grande. Tudo quero resolver logo, fazer logo. Sempre vivo como se realmente não tivesse amanhã.”
“Aproveitava ali [no BBB] todo dia imaginando: ‘amanhã posso sair’.”
“Quando minha irmã morreu, senti o gosto da finitude. A vida é curta e precisamos aproveitar melhor cada dia. Devo isso a minha experiência com a morte. Não vejo de uma forma triste, hoje em dia consigo ver de uma maneira de gratidão”, afirmou Juliette.
“Ela foi embora e prometi que ia viver por mim e por ela, que ia cuidar da minha família, fazer o melhor de mim. Ela não pode ficar, deve ter uma missão, mas eu fiquei e espero estar dando orgulho pra ela.”
Juliette conta que em sue último post antes de morrer, Juliene escreveu para Juliette: “Enquanto você me fizer sorrir, vou estar bem aqui”.
“Tinha isso como proposito, vou dar orgulho a minha irmã. Essa promessa segue comigo todos os dias. Todos os dias vou dormir pensando: ‘ela vai ter orgulho de mim?’.”
Juliette contou ainda que um dos episódios de seu documentário (“Você nunca esteve sozinha”) será dedicado a irmã.
“Agora ela vai ter uma participação muito bonita no documentário. Quase um episódio mostrando essa história que não é só sobre mim, é tudo que vivi. Que bom que vocês vão poder conhecê-la.”
Juliette ganha documentário no Globoplay; assista ao trailer
No programa, Juliette também falou sobre seu sentimento ao ver seu documentário pronto.
“Me emocionei muito, saber que agora as pessoas vão me conhecer, tudo o que aconteceu comigo, quais são minhas ideias, minhas histórias.”
“Sou assim como elas, normal, fruto de muita luta, que me refugiei no trabalho e nos estudos e que deu certo.”
A apresentadora Fátima Bernardes questionou se ela tem medo de se perder com a fama.
“Isso faz parte de mim, é o que eu sou. Não tem como eu me afastar de mim. Minha história é o que me fez. Construí algo de forma muito sólida, então não tenho medo de perdê-la.”
Juliette ainda afirmou que nunca sonhou com a fama e nem estava preparada para isso.
“Nunca visualizei minha pessoa famosa, nunca sonhei com isso. Óbvio que achava lindo, mas não tracei uma vida direcionada a isso. Meu sonho era ser defensora pública ou delegada. Não me preparei pra fama.”
Juliette ainda entregou que cogitou a desistir do reality do qual foi campeã ainda nas primeiras semanas. “Antes de Lucas sair, cogitei a possibilidade. Não estava vendo muito sentido, estava me machucando.”
Juliette, a melhor cantora do BBB? G1 analisa performance dela