Joelma dança conforme a música do produtor Rick Bonadio


Cantora lança ‘Bota pra chorar’, single que embute sutil batida de pop rock em gravação de tema inédito de compositor associado ao universo do forró. Capa do single ‘Bota pra chorar’, de Joelma
Gustavo Arrais
Resenha de single
Título: Bota pra chorar
Artista: Joelma
Compositor: Junior Sillva
Gravadora: Midas Music
Cotação: * * *
♪ A ruidosa separação musical de Joelma e Chimbinha, em 2015, amortizou tanto a voz da cantora paraense quanto o toque da guitarra do músico conterrâneo. Ao trilharem caminhos dissociados um do outro, os artistas nunca mais alcançaram o sucesso na dimensão obtida no auge da banda Calypso.
Em carreira solo desde 2016, Joelma inicia outro ciclo neste ano de 2020 em associação com o produtor musical Rick Bonadio. Contratada pela Midas Music, Joelma se prepara para lançar, através da companhia fonográfica de Bonadio, a gravação audiovisual do show que captou em novembro de 2019, em Goiânia (GO), com o pretexto de festejar 25 anos de carreira e os 45 de idade – e com as participações de Lauana Prado (na música Cobaia), da pastora Ludmila Ferber (no medley que agrega Um novo começo e Os sonhos de Deus) e do cantor Xand Avião (em Cumbia do amor).
Contudo, o primeiro disco de Joelma na Midas Music é o single Bota pra chorar, gravado em estúdio e lançado nesta terça-feira, 10 de março. Na gravação da música inédita de Junior Sillva, compositor ligado ao universo do forró, Joelma dança conforme o ritmo de Rick Bonadio, produtor e diretor artístico do single em funções divididas com Renato Patriarca.
Dá para perceber que o arranjo de Diego Ramos embute sutil batida de pop rock – gênero com o qual Bonadio está mais identificado no mercado – sem transformar a música propriamente em rock.
Bota pra chorar reapresenta Joelma no tom da sofrência, mas sem chororô, ao contrário do que possa fazer supor o título da composição. Aliás, o refrão altivo – dos versos “Desprezou meu amor e está pedindo para voltar / Vou botar pra chorar, vou botar pra chorar / Foi morder outras bocas e agora quer me beijar / Vou botar pra chorar” – é o elemento mais atraente do single com o qual Joelma tenta seguir avante na carreira solo.