Jiboia de quase três metros de comprimento é ‘fiel companheira’ de consultor de vendas em Presidente Prudente


Khatty é uma cobra criada como animal de estimação na família de Djalma Monteiro há oito anos. Réptil é o único bicho que ele tem na casa e recebe muito amor e carinho do dono. Jiboia Khatty possui aproximadamente três metros de comprimento
Cedida
“O cão é o melhor amigo do homem”. Provavelmente você já ouviu essa frase e possivelmente você concorde com ela. Apesar de o cachorro ser um dos animais mais comuns para se ter em casa, assim como os gatos também são, não é todo mundo que escolhe criar um bichinho comum como esses. Exemplo disso é o consultor de vendas Djalma Monteiro, de 65 anos, que mora em Presidente Prudente (SP) e tem como “fiel companheira” a Khatty, uma jiboia (Boa constrictor) de aproximadamente três metros de comprimento.
No Dia do Animal de Estimação, comemorado nesta segunda-feira (4), Monteiro contou ao g1 sobre a experiência de possuir um animal exótico.
Com o corpo alongado roliço e ligeiramente comprido nas laterais, a cobra, mesmo sendo um exótico animal de estimação, é tratada como uma verdadeira princesa por Monteiro e por toda a família dele. O amor por cobras surgiu na adolescência e, desde então, ele nutre esse interesse peculiar.
Amor de adolescência
“O amor por cobras veio na adolescência, pois eu era fã do cantor Alice Cooper e ele tinha uma jiboia. Sempre nas apresentações, ele cantava com ela no pescoço”, contou o consultor de vendas ao g1.
Djalma Monteiro e a jiboia de estimação Khatty
Cedida
A paixão pelo animal é tanta que já ultrapassa gerações. O pequeno Theo Bertoni Monteiro, de 8 anos, neto de Djalma, também já tem muito amor pela jiboia.
“Ele já é apaixonado pela Khatty e por cobras. O amor do avô, com certeza, passou para ele também”, contou ao g1.
Khatty, ou “Princesa Khatty”, como é chamada por Monteiro, está na família há oito anos. O animal é legalizado, veio de um criatório comercial autorizado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e viajou muitos quilômetros para chegar a Presidente Prudente, no interior do Estado de São Paulo.
Theo Bertoni Monteiro, de 8 anos, neto de Djalma, também já tem muito amor pela jiboia
Cedida
“A partir da vontade de ter uma cobra, fui lendo sobre o assunto e me informando. Pesquisei na internet e encontrei a Khatty. Ela veio do Pará, é totalmente legalizada. É minha fiel companheira há oito anos”, falou ao g1.
No geral, as jiboias são alimentadas com um tipo de presa, o que é bem diferente na natureza, onde elas podem se alimentar de diversas espécies de animais. Na casa de Monteiro, a alimentação principal da Khatty, de acordo com o consultor de vendas, são os ratos.
Serpente tranquila
Criar um animal desse tipo demanda cuidado, no entanto, Monteiro contou ao g1 que Khatty é uma serpente tranquila e nunca tentou atacar ninguém. Prova disso é que até modelo fotográfica ela já foi.
Jiboia Khatty foi usada como modelo em um ensaio fotográfico
Cedida
“Emprestei a Khatty para um modelo, que fez um ensaio fotográfico com ela. Ela não apresenta nenhum risco, é muito tranquila e super dócil”, ressaltou.
O consultor de vendas, que não possui nenhum outro animal de estimação, também disse ao g1 que a jiboia chama muito a atenção de todos que visitam sua residência. Ele, que é conhecido popularmente pelo apelido de Kabello, afirma que o animal é muito tranquilo e acostumado com o contato com os humanos todos os dias.
“É uma febre. As pessoas que vão em casa ficam loucas querendo vê-la e todos ficam encantados com ela. Ela é uma coisa linda e encantadora, é a princesa da nossa casa, é tratada com o maior carinho do mundo. É como se fosse um filho da gente”, pontuou.
Jiboia Khatty possui aproximadamente três metros de comprimento
Cedida
Jiboia Khatty possui aproximadamente três metros de comprimento
Cedida
Jiboia Khatty possui aproximadamente três metros de comprimento
Cedida
Jiboia Khatty possui aproximadamente três metros de comprimento
Cedida
Jiboia Khatty possui aproximadamente três metros de comprimento
Cedida
Terrário em que Khatty vive na casa de Monteiro, em Presidente Prudente (SP)
Cedida
VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente
Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.