Jeep Renegade e Compass estreiam configuração híbrida com recarga pela tomada


Modelos foram revelados no Salão de Genebra, na Suíça. Mesmo estando entre os SUVs mais vendidos do Brasil, é melhor não esperarmos pelas novas versões por aqui. Jeep Renegade híbrido plug-in
Divulgação/FCA
A Jeep apresentou uma inédita configuração híbrida plug-in para Renegade e Compass – mas é só para gringo ver. Os modelos estão sendo revelados durante o Salão de Genebra, na Suíça, e não deverão chegar ao Brasil.
A mecânica é a mesma para os dois SUVs: enquanto o motor 1.3 turbo da linha Firefly (aguardado no Brasil) impulsiona as rodas dianteiras, um outro motor elétrico gera força para as traseiras, resultando em um sistema elétrico de tração nas quatro rodas.
Jeep Compass híbrido plug-in
Divulgação/FCA
Porém, por divergências em pesos, dimensões e posicionamentos, os modelos entregam diferentes números. O conjunto híbrido rende ao Renegade a potência de 190 cavalos, enquanto o Compass tem 240 cavalos. Ambos vão de 0 a 100 km/h em aproximadamente 7 segundos.
De acordo com a marca, é possível rodar até 50 km com os modelos no modo totalmente elétrico, no qual eles também podem chega a velocidade de 130 km/h. A bateria pode ser recarregada pelo motor a combustão ou pela tomada.
O tempo de recarga pela rede elétrica doméstica não foi divulgado.
Jeep Renegade híbrido plug-in interior
Divulgação/FCA
Por dentro, a principal novidade dos modelos está no sistema multimídia e no quadro de instrumentos, que incorporam funções e temáticas relacionadas ao tipo de propulsão híbrida.
Na central, é possível acompanhar o fluxo da energia, como qual motor está sendo utilizado no momento e se a bateria está sendo recarregada.
Recarga da bateria do Compass híbrido pode ser feita pela tomada
Divulgação/FCA