Inflação na zona do euro acelera para 1,7% em abril na base anual


Alta oferece algum alívio para o Banco Central Europeu, que tem como meta inflação de pouco abaixo de 2%. Nova nota de 50 euros
Associated Press
Os preços na zona do euro subiram 1,7% em abril, divulgou nesta sexta-feira (17) a agência de estatísticas da União Europeia, ao revisar para cima sua estimativa para o núcleo da inflação.
A Eurostat informou que os preços ao consumidor nos 19 países da zona do euro avançaram 1,7% sobre o ano anterior, mesma taxa da estimativa preliminar publicada em 3 de maio, e após taxa de 1,4% em março.
A aceleração oferece algum alívio para o Banco Central Europeu, que tem como meta inflação de pouco abaixo de 2%, embora o salto se deva provavelmente ao fato de a Páscoa ter sido mais tarde neste ano.
Na comparação mensal, os preços na zona do euro subiram 0,7%, como esperava o mercado, de 1% em março.
O núcleo da inflação, acompanhado de perto pelo BCE para suas decisões de política monetária e que exclui os preços voláteis de energia e alimentos, subiu 1,4% em abril sobre o ano anterior de 1% em março. A preliminar tinha sido de 1,3%.