‘House of Gucci’ fez Lady Gaga ter ‘romance de 9 meses’ com personagem para levar tragédia ao cinema


Ela interpreta Patrizia Reggiani, que entrou na família Gucci em 1972, ao se casar com o herdeiro assassinado Maurizio Gucci. ‘Mergulhei de cabeça nesse mundo’, disse ela. Assista ao trailer de ‘House of Gucci’
Lady Gaga levou seu poder de superestrela a Londres, nesta terça-feira, para a pré-estreia do drama “House of Gucci”, no qual interpreta seu segundo grande papel no cinema, desta vez como a esposa de um herdeiro assassinado de uma dinastia da moda italiana.
Dirigido por Ridley Scott, o filme baseado no livro de mesmo nome apresenta um elenco estelar que inclui Adam Driver, Al Pacino, Jared Leto, Salma Hayek e Jeremy Irons e reconta o caso notório do assassinato que chocou a Itália e sua indústria de moda nos anos 1990.
Ostentando um sotaque italiano, Gaga interpreta Patrizia Reggiani, que entrou na família Gucci em 1972, ao se casar com o herdeiro Maurizio Gucci. Os dois se divorciaram em 1994.
Um ano depois, Maurizio foi baleado e morto por um matador de aluguel do lado de fora de seu escritório em Milão. Reggiani passou 18 anos na cadeia por orquestrar o assassinato do ex-marido e foi libertada em 2016.
Perguntada sobre informações de que havia ficado na personagem por 18 meses, Gaga disse no tapete vermelho: “Eu realmente sinto que, de certa forma, foi feito um sensacionalismo em cima do meu processo, mas eu não minto sobre meu trabalho e meu processo. Então, vou dizer isso: eu sou romântica em relação à minha arte”, disse.
“Eu tive uma relação romântica com minha personagem Patrizia. Eu tive uma relação romântica com o roteiro e mergulhei de cabeça nesse mundo, porque ela não é nada parecida comigo. Eu não sei de onde veio essa informação de 18 meses, nove meses, sim, mas o dobro disso, eu não sei”.
Lady Gaga e Adam Driver em ‘House of Gucci’
Reprodução/Twitter/Lady Gaga