Honda suspende a produção de motocicletas no Brasil em função da pandemia do coronavírus


Empresa é a maior produtora e vendedora de motos do país, com quase 80% do mercado. Fábrica de motos da Honda em Manaus (AM)
Rafael Miotto/G1
A Honda informou nesta terça-feira (24) que vai paralisar a produção de motocicletas no Brasil em função da pandemia do coronavírus. As atividades na fábrica de Manaus serão suspensas na próxima sexta-feira, 27 de março, e devem retornar em 20 de abril.
De acordo com a Honda, entre 27 e 30 de março, os funcionários vão usar o banco de horas para compensar os dias não trabalhados. A partir do dia 30, entrarão em férias coletivas.
A empresa ainda informou que vai direcionar “o maior número possível de profissionais das áreas administrativas para férias coletivas ou regime de home office”.
Fábrica da Honda em Manaus ficará parada devido ao coronavírus
Rafael Miotto/G1
A Honda é a maior fabricante e vendedora de motos no Brasil. Em 2019, ela emplacou mais de 850 mil unidades, com praticamente 80% do mercado.
A fábrica de Manaus, inclusive, é a maior do tipo no país. Ela foi inaugurada em 1976, e, recentemente, alcançou o marco de 25 milhões de unidades produzidas.