Hits inflacionados: veja como IPCA muda ‘preço’ de ’50 reais’, ‘Cem mil’, ‘Verdinha’ e outros sucessos


Após post viral mostrar que Naiara Azevedo teria que dar mais à dama que satisfaz, g1 calcula: ‘Verdinha’ de Ludmilla subiu 14% e aposta de Gusttavo Lima ficou R$ 16,9 mil mais cara. Se hits brasileiros fossem corrigidos pela inflação, Naiara Azevedo teria que jogar R$ 64,73 para a dama que satisfez seu namorado em “50 reais”, Ludmilla venderia sua “Verdinha” com 14% de aumento e a aposta de “Cem mil” de Gusttavo Lima estaria R$ 16,9 mil mais alta.
O g1 fez os cálculos inspirado em um post viral no Twitter feito pelo roteirista Diego Paiva. Ele entrou em uma corrente de posts que imaginam flertes com frases excêntricas e teve a ideia de calcular a inflação de “50 reais”.
Diego usou o IGP-M, índice que registra a inflação em todas as etapas da produção – por exemplo, da exploração do aço, que vai ser usado na fabricação de um carro que depois vai ser vendido numa loja. Ele é usado em contratos de aluguel e subiu mais que outros índices nos últimos meses.
Mas o índice escolhido pelo g1 foi o IPCA, pois ele é usado como inflação oficial e leva em conta apenas os preços do comércio e dos serviços, que o consumidor final paga quando faz uma compra (o Jornal Nacional explicou a diferença dos dois índices que medem a inflação).
Veja abaixo a inflação dos hits:

Arte G1 – Fernanda Garrafiel
Música: “Verdinha”, Ludmilla
Lançamento: Novembro de 2019
Letra: “Eu fiz um pé lá no meu quintal / Tô vendendo a grama da verdinha a um real”
Corrigida pelo IPCA: “Eu fiz um pé lá no meu quintal / Tô vendendo a grama da verdinha a R$ 1,14”
Inflação desde o lançamento: 13,5%

Arte G1 – Fernanda Garrafiel
Música: “Cem mil”, Gusttavo Lima
Lançamento: Outubro de 2018
Letra: “Cem mil, com quem quiser, eu aposto / Se ela bater o dedo, eu volto / Ela não vale um real, mas eu adoro”
Corrigida pelo IPCA: “R$ 116.992,82 com quem quiser, eu aposto / Ela não vale R$ 1,17, mas eu adoro”
Inflação desde o lançamento: 16,9%

Arte G1 – Fernanda Garrafiel
Música: “Derreter a aliança, Zé Neto e Cristiano
Lançamento: Junho de 2018
Letra original: “Mais de cinco mil reais foi o que eu gastei / Nesse par de alianças eu me endividei”
Corrigida pelo IPCA: “Mais de R$ 5.966,04 foi o que eu gastei / Nesse par de alianças eu me endividei”
Inflação desde o lançamento: 19,3%

Arte G1 – Fernanda Garrafiel
Música: “50 reais”, de Naiara Azevedo com Maiara & Maraisa
Lançamento: Março de 2016
Letra original: “Pra ajudar pagar a dama que lhe satisfaz / Toma aqui os R$ 50”
Corrigida pelo IGP-M (índice usado no post que viralizou): “Pra ajudar pagar a dama que lhe satisfaz / Toma aqui os R$ 85,77”
Corrigida pelo IPCA: “Pra ajudar pagar a dama que lhe satisfaz / Toma aqui os R$ 64,73”
Inflação desde o lançamento: 29% (IPCA) e 71% (IGP-M)

Arte G1 – Fernanda Garrafiel
Música: “Plaquê de 100”, de MC Guimê
Lançamento: Julho de 2012
Letra original: “Contando os plaquê de R$ 100 / Dentro de um Citroën”
Corrigida pelo IPCA: “Contando os plaquê de R$ 170,68 / Dentro de um Citroën”
Inflação desde o lançamento: 70,6%

Arte G1 – Fernanda Garrafiel
Música: “Rap do Real”, de Pedro Luís e a Parede
Lançamento: Agosto de 1999
Letra original: “É um real aí, é um real aí, é um real / Eu vendo pilha, bateria, fita-cassete, biscoito”
Corrigida pelo IPCA: “É R$ 3,88 aí, R$ 3,88 aí, é R$ 3,88 / Eu vendo pilha, bateria, fita-cassete, biscoito”
Inflação desde o lançamento: 287,8%
O g1 já mostrou o flagelo causado pelo aumento da inflação na vida dos brasileiros: empobrecimento, arrocho salarial e juros mais altos.
Para simplificar e resumir no tamanho de um refrão sertanejo, o que é inflação? “É o crescimento persistente e generalizado do nível de preços. A inflação é um fenômeno de longo prazo”, explicou o economista Heron do Carmo.
A correção dos hits acima mostra esse efeito de longo prazo: quanto mais antigo, mais o preço subiu. MC Guimê teria que contar um plaquê de quase R$ 200 para ostentar dentro de um Citroën como fez em 2012. Já o “Rap do real” de Pedro Luís e a Parede’, de 1999, não sai por menos de R$ 3,88.
Inflação acumulada em 12 meses passa dos dois dígitos em setembro e é quase o dobro do teto da meta do governo para o ano
Economia/G1
Brasil tem a 3ª inflação mais alta entre os países do G20