Google Street View: antes e depois de 8 lugares fotografados no Brasil

O Street View é uma ferramenta do Google Maps que permite explorar ruas no mundo todo por uma câmera que se desloca em 360º. Os registros da plataforma são atualizados com uma certa frequência, mas os registros antigos não são apagados. Isso permite fazer uma comparação do antes com o depois da paisagem. Veja oito locais que mudaram bastante nos últimos anos no Brasil

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Marques

Prédio do Google (2010) – A construção do enorme prédio do Google, na avenida Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo, preservou a casa Bandeirista, que foi tombada em 1982. O local histórico foi restaurado em 2000, antes da empresa iniciar as obras do prédio de 19 andares em 2010

Leia também: Saiba 10 curiosidades sobre o maior avião de passageiros do mundo

Prédio do Google (2017) – Após 7 anos, o prédio foi concluído e hoje é considerado um dos maiores edifícios comerciais da capital paulista. A estrutura envidraçada chama atenção pela modernidade e por abrigar em seu jardim a
casa bandeirante, do século 18, em um dos endereços mais caros da cidade

Leia também: Uma em cada 45 compras on-line no Brasil é de origem fraudulenta

Casa das Rosas (2011) – O escritor e arquiteto Francisco
de Paula Ramos de Azevedo projetou a Casa das Rosas, construída em 1935, na famosa Avenida Paulista. Os cômodos da mansão abrigam shows, saraus, exposições e recebem a visita de paulistanos e de turistas todos os dias. O Google Street View fez um registou do prédio e de seus arredores

Leia também: Aprenda a fazer legendas com letras de arco-íris no Stories do Instagram

Casa das Rosas (2018) – A Casa das Rosas teve
sua reinauguração como Espaço Haroldo de Campos de
Poesia e Literatura, em 2004. O local desde o início apoia a literatura e busca preservar o patrimônio histórico e cultural da cidade. 14 anos depois da reforma, a casa continua funcionando na movimenta avenida da capital

Leia também: Lixeira reduz o desperdício e diminui o impacto ambiental

Arena Manaus (2012) – A arena foi construída para receber jogos da Copa do Mundo de 2014, quando o Brasil foi o país cede da competição. Na foto feita pelo Google em 2012, o estádio não existia ainda. O local era apenas um grande terreno de 84 mil m² 

Leia também: Ultrassom portátil permite diagnósticos pela tela do celular

Arena Manaus (2015) – O estádio teve um investimento de R$ 605 milhões e foi construído com materiais sustentáveis. Após a copa do mundo a arena multiuso construída para receber jogos de futebol, shows, eventos, feiras e visitações fica deserta a maior parte do tempo

Leia também: Ponte construída por impressora em 3D leva 450 horas para ser concluída

Estação Fradique Coutinho (2010) – Estação do metrô na linha amarela, localizada em São Paulo, deveria ter sido inaugurada em 2010, mas a obra foi paralisada e o início do funcionamento precisou ser adiado 

Leia também: Robô de quatro pernas consegue realizar saltos mortais com precisão

Estação Fradique Coutinho (2014) – Após 4 anos de atraso, a estação foi inaugurada no dia 15 de novembro de
2014. A inauguração do metrô também atraiu novos prédios comerciais para a região

Leia também: Médico realiza cirurgia a 3 mil km de distância com tecnologia 5G

Rua Gonçalo de Carvalho (2010) – A rua que foi considerada a mais bonita do mundo está em
Porto alegre, são 500 metros de calçada com
mais de 100 árvores. Pela foto do Google Street View a impressão era de estar caminhando em um túnel formado pela copa das grandes árvores


Leia também: Carros autônomos podem atropelar mais pessoas negras do que brancas

Rua Gonçalo de Carvalho (2017) – Sete anos depois, o Google registrou novamente a rua mais bonita do mundo. O local que abrigava árvores com altura
equivalente a um prédio de mais de 5 andares já não eram mais tão verdes. As folhas e galhos que cobriam toda a rua praticamente sumiram

Leia também: Cachorro robô é usado em tratamento de terapia para idosos

Teatro Cultura Artística (2010) –  Localizado na Consolação, o prédio pertencente à Sociedade de Cultura
Artística, foi construída entre 1947 e 1950. Em agosto de 2008, o teatro foi praticamente todo destruído por um incêndio

Leia também: Huawei anuncia P30 e P30 Pro, com as melhores câmeras de celulares

Teatro Cultura Artística (2018) – Em 2015, após 10 anos do incêndio, o Google registrou o local abandonado, mas com previsão da obra de restauração ser finalizada em 2021

Leia também: Instagram oferece apoio a usuários que pesquisam por #depressão

Museu da Língua Portuguesa (2010) – O museu foi inaugurado em 2006, na estação da Luz, no centro de São
Paulo também foi destruído por um incêndio. As chamas consumiram todo o acervo cultural, em 2015 e iniciou-se um projeto de restauração do prédio e recuperação do acervo

Leia também: Menina pede ajuda pelo Tinder para consertar videogame com defeito

Museu da Língua Portuguesa (2017) – As reformas do museu começaram no mesmo ano do incêndio. O teto do prédio foi reconstruído com madeiras da Amazônia certificada. Dois anos após a tragédia, o Google Maps registrou as obras e a reinauguração do museu está previsto para o segundo semestre deste ano

Leia também: Museu Nacional de brinquedo pode levantar fundos para a reconstrução

Jardim Botânico (2011) – Um dos principais pontos turísticos de Curitiba o Jardim botânico foi
inaugurado em 1991.  Curiosamente, em
2011, a imagem capturada pelo Google Street View, quase não havia árvores no
local

Leia também: Polícia de NY exige que Waze pare de identificar blitz pelas ruas

Jardim Botânico (2018) – Com a atração do jardim das sensações, inaugurado em 2008, que
possibilita o visitante a sentir a natureza sem enxergar, apenas sentindo e
tocando. 10 anos depois, o local foi novamente registrado e agora, apareceu com
mais árvores ao redor do parque

Leia também: Pompeia: a cidade que foi petrificada por um vulcão na Itália