Google anuncia ter alcançado a supremacia quântica

Sycamore, o chip quântico produzido pelo Google

Sycamore, o chip quântico produzido pelo Google
Reprodução YouTube/Google

O anunciou ter alcançado a supremacia quântica, um marco para a computação quântica. A conquista da empresa é resultado de 13 anos de pesquisa e foi publicada na última edição da revista científica Nature, publicada nesta quarta-feira (23).

Nos testes em laboratórios, o chip quântico chamado de Sycamore conseguiu descobrir em 3 minutos e 20 segundos uma sequência de algarismos criada por um gerador de números. A tarefa aparentar ser simples, mas é algo extremamente complexo e um computador convencional levaria 10 mil anos para chegar ao resultado.

Apesar do teste realizado ser bem específico, segundo a publicação da Nature, mostra aos físicos que a mecânica quântica funciona como esperado quando aproveitada em um problema complexo.

“Computadores quânticos são propensos a erros, mas nosso experimento mostrou a capacidade de executar uma computação com poucos erros suficientes em uma escala grande o suficiente para superar o desempenho de um computador clássico”, escreveu CEO do Google Sundar Pichai no anúncio da empresa.

Pichai compara o teste quântico bem-sucedido com o primeiro foguete que deixou com sucesso a gravidade da Terra para chegar até a borda do espaço.

A IBM, rival do Google na construção de computadores quânticos, relatou em 21 de outubro ter produzido um chip quântico que resolveria o problema em 2,5 dias, mas não apresentou os resultados da pesquisa.

Como funciona?

Os computadores quânticos funcionam de uma maneira diferente das máquinas convencionais. Um bit em um computador clássico pode armazenar informações como 0 ou 1. Um bit quântico – ou qubit – pode ser 0 e 1 ao mesmo tempo, uma propriedade chamada superposição.

Dois bits quânticos tem quatro estados possíveis que podem ser colocados em superposição, e esses crescem exponencialmente. À medida que as possibilidades computacionais são aumentadas, novas possibilidades de cálculos surgem. Por isso, o tempo para resolver um problema caiu de milhares de anos para alguns minutos.