Goldman Sachs elimina cargo de presidente-executivo no Brasil


Atual presidente-executiva, Maria Silvia Bastos Marques, vai passar a presidir a comissão consultiva do banco. O Goldman Sachs está reestruturando sua cadeia de comando no Brasil e decidiu eliminar o posto de presidente-executivo no país, informou o banco norte-americano nesta quinta-feira (14).
Os copresidentes para América Latina Gonzalo Garcia e Ram Sundaram anunciaram que a atual presidente-executiva, Maria Silvia Bastos Marques, vai presidir a comissão consultiva do banco.
Logo do Goldman Sachs na bolsa de valores de Nova York
Reuters/Brendan McDermid
A mudança fará com que as atividades do Goldman Sachs no Brasil sejam dirigidas por um novo comitê executivo formado por seis membros.
Os membros deste comitê executivo são Paula Moreira, Daniel Motta, Juliano Arruda, Rodolfo Soares, Ricardo Bellissi e Ricardo Mourão, afirmou o banco.