Gerson King Combo, cantor pioneiro do soul, morre aos 76 anos


Segundo comunicado publicado nas redes sociais, músico morreu em decorrência de infecção generalizada e de complicações da diabetes após súbita internação. Gerson King Combo
Facebook Gerson King Combo
Gerson King Combo, cantor pioneiro do soul, morreu na noite desta terça-feira (22), aos 76 anos. A informação foi confirmada ao G1 por seu produtor, Ronaldo Pereira. Ele afirmou que o artista morreu no Posto de Assistência Médica de Irajá, no Rio de Janeiro.
Segundo nota divulgada nas redes sociais do artista, Gerson King Combo morreu em decorrência de infecção generalizada e de complicações da diabetes após súbita internação. Ainda não há informações sobre velório e enterro.
Famosos lamentam: veja repercussão da morte de Gerson King Combo
Veja fotos da carreira do cantor
Pioneira voz do funk carioca, Gerson passou mal na última semana e teve sua apresentação no Caxias Music Festival cancelada. Na segunda-feira (21), a produção do músico informou que ele havia tido alta e retornado para casa, onde ficaria em observação.
Initial plugin text
Em novembro de 2019, às vésperas de completar 76 anos, o cantor e compositor carioca e autor de hits da Jovem Guarda, lançou “Uma chance ao vivo”, primeiro single do álbum Gerson King Combo 70 anos. O registro foi feito anos antes, em 28 de novembro de 2013, na véspera do 70º aniversário do cantor.
Nessa data, o James Brown brasileiro – assim eventualmente chamado pela adesão à velha escola do funk – se apresentou com a banda SuperGroove no Teatro Rival, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), em show captado sob direção de Pedro Serra.
A música escolhida para ser o primeiro single da inédita gravação ao vivo foi apresentada originalmente pelo artista em álbum de 1977. No mesmo disco, o cantor lançou “Mandamentos black”, o maior sucesso de sua carreira fonográfica que perdeu impulso a partir dos anos 1980.
“Mandamentos black” já foi utilizada em trilhas sonoras de séries brasileira e norte-americana, contribuindo para a descoberta do som de Gerson King Combo por jovens cultuadores do funk nacional old school.
Capa do single ‘Uma chance ao vivo’, de Gerson King Combo & SuperGroove
Divulgação / CopaSoul Discos