Funcionários da Toyota aprovam acordo com termos da mudança da sede do ABC Paulista para Sorocaba


Segundo sindicato, previsão era que 600 funcionários fossem transferidos e outros 300 fossem demitidos. Com acordo, 490 passarão a trabalhar no interior e outros 120 perderão os empregos. Fábrica da Toyota em São Bernardo do Campo
Divulgação
Trabalhadores da Toyota aprovaram nesta segunda-feira (28) um acordo entre a empresa e o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC com os termos da mudança da sede administrativa da fabricante de São Bernardo do Campo para Sorocaba (SP), afirmou a entidade.
De acordo com o sindicato, a mudança anunciada na última semana previa a transferência de 600 trabalhadores das áreas administrativas da unidade do ABC Paulista para o interior do estado, além da demissão de outros 300.
Ainda segundo a entidade que representa os trabalhadores, serão transferidos 490 empregados, enquanto outros 120 serão desligados.
O acordo ainda prevê a abertura de um Plano de Demissão Voluntária (PDV), válido para todos os funcionários da área administrativa. Quem aderir ao plano, receberá o equivalente a 12 meses de salário e terá o plano de saúde por um ano.
Funcionários que serão transferidos e aposentados que atuam na produção podem aderir ao programa.
Além da abertura do PDV, a Toyota ainda vai pagar dois salários no mês da transferência do funcionário e 2,4 salários adicionais para quem optar por mudar o domicílio para a cidade de Sorocaba.
Para quem continuar morando na Grande São Paulo, a Toyota vai oferecer transporte fretado de São Bernardo a Sorocaba por dois anos.
Procurada pelo G1, a Toyota ainda não retornou.
Motivos da mudança
Fábrica da Toyota em Sorocaba (SP) produz Yaris e Etios
Toyota/Divulgação
Anunciada no último dia 21, a mudança da sede para Sorocaba vai acontecer de forma gradual a partir de janeiro de 2021 até o meio do próximo ano.
Segundo a empresa, a transferência acontece para que a sede fique mais próxima de suas grandes unidades de produção no país, localizadas, além de Sorocaba, em Porto Feliz e Indaiatuba (SP).
A unidade de Sorocaba existe desde 2012, e atualmente é responsável por produzir os modelos Etios e Yaris. A partir do ano que vem, o local também fabricará o novo Corolla Cross, primeiro SUV nacional da empresa.
Já a unidade de São Bernardo, a primeira da empresa fora do Japão, existe desde 1962, e atualmente faz apenas peças.
Fábrica da Toyota em São Bernardo é a primeira da empresa fora do Japão ainda em funcionamento
Divulgação
VÍDEOS: mais conteúdo sobre carros