Fortes chuvas e deslizamentos de terra deixam mortos na Coreia do Sul


Região central do país foi a mais atingida pelas tempestades que começaram no sábado; ao menos 12 pessoas morreram, segundo os meios locais Uma visão geral mostra inundações sobre um parque submerso ao lado do rio Han, em Seul, nesta segunda (3)
Ed Jones/AFP
Autoridades locais bloquearam o acesso às áreas próximas aos rios e de encosta. Na capital, Seoul, choveu mais de 10 milímetros em apenas uma hora. Em Pyeongtaek, osouth of Seoul, a landslide swept over a temporary building in a semiconductor parts factory, killing three workers in their 30s and injuring one in his 50s. Two other workers managed to escape.
Ao menos 12 de pessoas foram mortas no fim de semana por conta de fortes chuvas e deslizamentos de terra na Coreia do Sul. Entre sábado (1º) e segunda-feira (3) foram registrados mais 13 desaparecimentos, segundo a agência de notícias Reuters.
Autoridades locais bloquearam o acesso às áreas próximas aos rios e de encosta. Na capital, Seoul, choveu mais de 10 milímetros em apenas uma hora. Em Pyeongtaek, ao sul, um deslizamento de terra soterrou parte de uma fábrica, matando três trabalhadores.
Reportagem em atualização.