Ford define recall para problema no freio de estacionamento do Fusion


Participam 4.660 unidades fabricadas entre 2013 e 2016. Proprietários devem agendar horário nas concessionárias da marca. Ford Fusion
Divulgação/G1
A Ford comunicou nesta quinta-feira (26) que definiu o recall envolvendo 4.660 unidades do Fusion de ano/modelo 2013, 2014 e 2016, todas com motor 2.5, pela possibilidade de os veículos se movimentarem involuntariamente depois de estacionados.
Os proprietários do veículo deverão agendar um horário nas concessionárias da marca.
De acordo com a empresa, a bucha do cabo seletor de marchas pode se deteriorar com o tempo, não travando na marcha solicitada pelo motorista.
Com isso, ao estacionar, é possível que o veículo não esteja efetivamente na posição P e se mova caso o motorista não acione manualmente o freio de estacionamento eletrônico. Em uma situação normal, o freio seria acionado automaticamente com a alavanca em P. Nenhum alerta será emitido.
O recall do Fusion foi anunciado em maio, mas na época ainda não havia uma solução definitiva.
Agora, os proprietários dos veículos envolvidos deverão agendar junto a uma concessionária da marca a substituição da bucha do cabo seletor de marchas da transmissão automática e instalação da capa protetora.
Para agendamento e mais informações, a Ford disponibiliza o telefone 0800 703 3673 ou no site da empresa.
Recall – Ford Fusion
Initial plugin text