Fiscalização resgata aves silvestres mantidas irregularmente em cativeiro em residência em Panorama


Polícia Militar Ambiental aplicou uma advertência ao criador amador e soltou um pássaro-preto e um canário-da-terra-verdadeiro na mata ciliar do Rio Paraná. Aves foram soltas na mata ciliar do Rio Paraná
Polícia Militar Ambiental
A Polícia Militar Ambiental resgatou, nesta sexta-feira (13), duas aves silvestres que eram mantidas irregularmente em cativeiro em uma residência em Panorama (SP).
Os policiais compareceram ao imóvel para fiscalizar o plantel de um criador amador de pássaros, um homem de 39 anos, e constataram que havia no local duas aves que não constavam na relação do viveiro e não possuíam anilhas.
O criador levou uma advertência por manter em cativeiro um pássaro-preto e um canário-da-terra-verdadeiro sem a devida autorização da autoridade competente.
Já os pássaros silvestres, por estarem bravios, foram soltos na mata ciliar do Rio Paraná e as gaiolas foram destruídas.
Aves eram mantidas irregularmente em cativeiro em Panorama
Polícia Militar Ambiental
Aves eram mantidas irregularmente em cativeiro em Panorama
Polícia Militar Ambiental
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.