Filhote de gorila é o primeiro a nascer no zoo de Berlim em 16 anos; veja vídeo

Bebê de oito dias aparece em imagens divulgadas nesta terça (23). Durante a pandemia, nem mesmo tratadores ou veterinários se aproximarão do pequeno primata, já que gorilas e outros animais selvagens foram contaminados pelo coronavírus em outros zoológicos. Zoológico de Berlim celebra o nascimento do primeiro bebê gorila em 16 anos
O primeiro gorila nascido no zoológico de Berlim, na Alemanha, em 16 anos parecia feliz e à vontade nesta terça-feira (23) em um vídeo divulgado por seus tratadores, oito dias após seu nascimento.
O recém-nascido, que ainda não recebeu um nome porque seu gênero não foi determinado, é o filhote de uma mãe de 24 anos, Bibi, e seu parceiro de 16 anos, Sango, anunciou o zoológico.
Durante a atual pandemia de coronavírus, nem mesmo tratadores ou veterinários se aproximarão do pequeno primata.
Em janeiro, até oito gorilas do San Diego Zoo Safari Park teriam contraído Covid-19 de um tratador humano depois que um dos animais testou positivo, marcando a primeira transmissão conhecida do vírus para macacos, disseram funcionários do zoológico na época.
O coronavírus também foi encontrado em várias outras espécies de animais selvagens em cativeiro, incluindo vários leões e tigres no zoológico do Bronx, em Nova York, e quatro leões no zoológico de Barcelona, na Espanha.
As casas internas do Zoológico de Berlim estão atualmente fechadas para visitantes devido às restrições do coronavírus e o ambiente atual mais silencioso é exatamente o que o pequeno gorila precisa, de acordo com seus tratadores, que elogiaram ambos os pais de primeira viagem.
Bibi “está fazendo um trabalho fantástico”, disse seu tratador Christian Aust.
Mais da metade da população global de gorilas das montanhas vive no Parque Nacional de Virunga, na República Democrática do Congo, que fica nos vulcões cobertos por florestas da África Central.
É o parque nacional mais antigo do continente e a maior reserva de floresta tropical, cobrindo 7.800 km2.
Vídeos: Os mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias