Fiat Chrysler e Peugeot-Citroën informam funcionários que assinarão acordo de fusão nas próximas semanas, diz agência


Operação vai criar a quarta maior montadora do mundo e envolve a participação de mais de 50 funcionários das duas empresas. FCA, dona da Fiat, e PSA, dona da Peugeot, avançam em negociação de fusão
Regis Duvignau/Reuters
A Fiat Chrysler e a PSA, proprietária da Peugeot-Citroën, disseram a seus funcionários que assinarão o acordo de fusão nas próximas semanas, de acordo com a agência de notícias Reuters.
Em dois comunicados separados enviados por canais internos, obtidos pela Reuters nesta terça-feira (26), os dois grupos afirmaram aos trabalhadores que mais de 50 pessoas estavam envolvidas no processo.
A FCA e a PSA estão em negociações para finalizar uma fusão que criará a quarta maior montadora do mundo.
FCA e PSA formariam o quarto maior grupo automotivo do mundo
Arte: Aparecido Gonçalves/G1
Nove grupos de trabalho foram estabelecidos, liderados pelo tesoureiro e chefe global de desenvolvimento de negócios do Grupo FCA, David Ostermann, e pelo vice-presidente de estratégia da PSA, Olivier Bourges, acrescentaram os documentos.
O presidente do conselho da FCA John Elkann disse na semana passada que não estava preocupado com um processo judicial da General Motors e que estava confiante em chegar a um acordo vinculativo de fusão com a PSA, proprietária da Peugeot, até o final deste ano.