Festival Grls! tem Kylie Minogue e Little Mix em line-up só com mulheres; veja programação


Evento é no Memorial da América Latina, em São Paulo, a partir das 10h30 no sábado (7) e no domingo (8). São oito shows e dez palestras. Little Mix no clipe de ‘Strip’
Divulgação
O festival Grls! vai levar oito shows e dez palestras, com grande destaque às mulheres, para o Memorial da América Latina nestes sábado (7) e domingo (8) a partir das 10h30.
Kylie Minogue lidera o line-up do sábado, que também terá shows de Tierra Whack, Gaby Amarantos e Linn da Quebrada.
Já no domingo, o show principal é do quarteto britânico Little Mix. As meninas se apresentarão no Brasil pela primeira vez, mas estarão desfalcadas: Perry Edwards, uma das vocalistas, não virá ao país porque está “se sentindo muito mal”, segundo nota divulgada nesta sexta (6). Iza, Mc Tha e Mulamba também se apresentam.
Além dos shows, o festival também terá um espaço para palestras, workshops e debates. Todos os dias, as palestras acontecem das 10h30 às 15h30. Fernanda Lima, Jout Jout, Mônica Martelli, Astrid Fontenelle e Conceição Evaristo estão entre os palestrantes.
Kylie Minogue se apresenta vestida como deusa grega em show de sua ‘Aphrodite Tour’, em Milão, na Itália
Luca Bruno/AP
Quem é o Little Mix?
Jade Thirlwall, Leigh-Anne Pinnock, Jesy Nelson e Perrie Edwards venceram a versão britânica do “The X Factor” em 2011, e criaram o grupo de pop, mas sem o estouro de outros grupos do programa como One Direction e Fifth Harmony.
O quinto disco do quarteto, “LM5”, foi lançado no final de 2018, como músicas como “Woman Like Me”, com participação de Nicki Minaj, e “Wasabi”.
Ouça comentários sobre Little Mix no podcast abaixo:
A boa performance na Europa fez o Little Mix vender mais de 45 milhões de álbuns em sete anos, mas as meninas querem mais. Elas definiram “LM5” como “o mais maduro da carreira”, em uma tentativa de fugir um pouco do pop colorido e histriônico de hits anteriores como “Black Magic”.
A ideia agora é mostrar ecos tímidos de rap em “Strip” e um discurso feminista que pode ser considerado meio raso em “Joan of Arc”. Mas nada supera a estratégia das cantoras em suavizar o sotaque inglês. Em muitos momentos, elas tentam entoar os versos com um inglês mais “neutro”.
Mesmo com muitos fãs no Brasil, a banda inglesa não consegue repetir nos EUA e aqui o sucesso que faz no Reino Unido. Por lá, o grupo já levou quatro singles ao topo das paradas. Mas nunca conseguiu uma posição de tanto destaque fora de seus domínios.
Quem é Kylie Minogue
Kylie Ann Minogue é uma cantora australiana de 52 anos. Ela começou a carreira como atriz mirim. Seu primeiro single foi “Locomotion”, em 1987. A partir de então, a cantora pop emplacou vários hits no final dos anos 1980 e durante os anos 1990. Em 2000, estourou com “Can’t get you out of my head”.
Kylie teve uma pausa de dois anos na carreira, entre 2005 e 2007, para tratar um câncer de mama. Quando se recuperou, retomou a carreira com o álbum “X”.
Esta será a quinta vinda da australiana ara o Brasil, depois de 1992, 2008, 2012 e 2015.
Ainda há ingressos?
Ainda é possível comprar ingressos. As entradas vão de R$ 220 (meia-entrada da pista para um dia) a R$ 1300 (inteira da pista premium para os dois dias). Eles estão à venda no site da ticket for fun e, na UnimedHall (Av. das Nações Unidas, 17.955 – Santo Amaro) e no Teatro Renault (Av. Brigadeiro Luís Antônio, 411 – República).
Quais são os horários dos shows?
Sábado – 7/3
15h – Linn da Quebrada
16h45 – Gaby Amarantos
18h30 – Tierra Whack
20h45 – Kylie Minogue
Domingo – 8/3
15h – Mulamba
16h45 – Mc Tha
18h30 – Iza
20h45 – Little Mix
Onde vai ser?
No Memorial da América Latina. Há dois portões de entrada:
P1, para os shows: Rua Deputado Salvador Julianelli – Barra Funda – São Paulo/SP
P13, para as talks: Av. Auro Soares de Moura Andrade – Barra Funda – São Paulo/SP
O que tem levar?
Para consumir no festival, é preciso da pulseira GRLS Cashless. E para entrar, é preciso estar com um documento com foto.
O que é proibido?
Garrafas, latas, bebidas, embalagens rígidas com tampa, capacetes, cadeiras ou bancos, armas de fogo e armas brancas, objetos cortantes, correntes, fogos de artifício, objetos de vidro, câmeras fotográficas ou filmadoras com lente destacável, cartazes de papelão grosso ou madeira, canudos rígidos, animais (exceto cães de assistência, identificados e acompanhados de pessoa com deficiência), bastão para tirar foto, guarda-chuva, substâncias inflamáveis, corrosivas ou tóxicas, revistas, jornais e livros.