Festival de Cannes terá edição simbólica em outubro com exibição de quatro filmes


Mostra também anunciou a data para a 74ª edição do evento: de 11 a 22 de maio de 2021. Festival de Cannes começa nesta terça-feira (14)
Joel C Ryan/Invision/AP
O Festival de Cannes, que não pôde acontecer em maio por conta da crise de saúde, vai realizar uma pequena edição “fora do comum” no final de outubro, com a exibição de quatro filmes de sua Seleção Oficial.
Este minifestival terá início no Palais des Festivals, onde tradicionalmente acontecem as galas e exibições do festival, com o filme francês “Un triomphe” (“The Big Hit!”), de Emmanuel Courcol, na presença da equipe, e terminará com outro filme de gala, “Les Deux Alfred” (“French Tech”), de Bruno Podalydès.
“Asa Ga Kuru” (True Mothers), da japonesa Naomi Kawase, e o filme georgiano de Dea Kulumbegashvili, “Beginning”, que acaba de triunfar no Festival de Cinema de San Sebastián (Espanha), também serão exibidos nesta edição aberta ao público, que acontece entre os dias 27 e 29 de outubro, conforme anunciado em nota pelos organizadores.
“Um júri, cuja composição será revelada em breve, entregará a Palma de Ouro do curta-metragem e os prêmios da Cinéfondation, especializados em novos talentos.”
“Estar em Cannes é um concentrado de felicidade, que todos desfrutaremos juntos em outubro”, declarou o diretor do festival, Thierry Frémaux.
O festival também divulgou as datas da 74ª edição do evento: de 11 a 22 de maio de 2021.
Não podendo comemorar como todos os anos, o festival teve de se resignar a publicar uma lista de 56 filmes que figuraram na Seleção Oficial de 2020.
Brasil vai ao festival de Cannes com filme que aborda preconceito racial