Festival de Cannes não será realizado em sua ‘forma original’ em 2020 por causa do coronavírus


Organizadores planejavam realização em junho e julho depois de adiamento, mas agora estudam outros formatos para evento de cinema. Cartaz da edição de 2019 do Festival de Cannes
Joel C Ryan/Invision/AP
O Festival Internacional de Cinema de Cannes não acontecerá “em sua forma original” em 2020 devido à pandemia do novo coronavírus, mas os organizadores disseram que continuam a estudar opções para o evento.
O festival, um dos maiores do mundo, inicialmente deveria ocorrer entre 12 e 23 de maio, mas foi adiado. Os organizadores planejavam a realização entre junho e julho.
O presidente francês Emmanuel Macron anunciou na segunda-feira (13) que prorrogará o isolamento para conter o surto até 11 de maio, e que eventos públicos como festivais não podem ser realizados até meados de julho.
“Após o comunicado do presidente francês… reconhecemos que o adiamento do 73º Festival Internacional de Cinema de Cannes, inicialmente cogitado entre o final de junho e o início de julho, não é mais uma opção”, disseram os organizadores em um comunicado.
“Está claro que é difícil supor que o Festival de Cannes pode ser realizado neste ano em sua forma original.”
Os organizadores também disseram, porém, que iniciaram debates com profissionais do cinema na França e no exterior.
“Eles concordam que o Festival de Cannes, um pilar essencial da indústria do cinema, precisa explorar todas as contingências… tornando Cannes 2020 real de uma forma ou de outra”, acrescentaram, sem detalhar as opções possíveis.