Fã de Banksy abre exposição com coleção particular 14 anos após conhecer artista

François Berardino conheceu o artista misterioso em seu estúdio em Londres em 2007. Fã de Banksy exibe coleção particular 14 anos depois de conhecer o artista misterioso
Um fã francês de Banksy revelou uma exposição com 223 artes relacionadas ao artista de sua coleção particular na segunda-feira (28) no sul de Paris, 14 anos depois de conhecer o artista misterioso em seu estúdio em Londres.
A paixão de François Berardino pelo trabalho de Banksy começou depois de um encontro inesperado com o artista de rua, antes de ele alcançar fama mundial. Berardino estava na capital inglesa para atuar um festival de teatro de rua.
“Visitei (o estúdio de Banksy). Durou menos de meia hora. Eu gostei e, com meu inglês ruim, disse a ele: ‘Oh, isso é bom, isso é engraçado’. E ele me falou: ‘Bom, se você gostou, leva dois desenhos'”, lembra o colecionador.
Alguns meses depois, Berardino encontrou o livro de Banksy “Wall and piece” e entendeu quem era o homem que deu a ele os desenhos.
Ele também entendeu a visão social do artista e se encontrou próximo à mensagem de Banksy.
“Para mim, o Banksy se tornou um personagem fictício. Para mim ele é como o Zorro, o Robin Hood. Especialmente quando você vê o tipo de peripécias que ele faz, a maneira como ele tira sarro do mercado de arte e galerias, as quais ele diz que nenhuma pode representá-lo. Eu gosto disse”, afirmou Berardino à Reuters.
Cartões postais, pôsteres, diferentes tipo de reproduções das obras de Banksy destacam a variedade do trabalho do artista na exposição de Berardino.
A exposição é de graça e fica aberta até o dia 10 de julho.