Espanha permitirá cruzeiros internacionais a partir de 7 de junho


Informação foi divulgada pelo ministério dos transportes neste sábado (29). Medida tem como objetivo tentar salvar o setor de turismo do país a tempo para a temporada de verão. O maior navio de cruzeiro do mundo, da Royal Caribbean Cruises, o Symphony of the Seas, ancorado em um porto em Málaga, Espanha, 27 de março de 2018.
Jon Nazca/Reuters/Arquivo
A Espanha permitirá que navios de cruzeiro atraquem em seus portos a partir de 7 de junho, disse o ministério dos transportes neste sábado (29), na esperança de salvar o setor de turismo do país a tempo para a temporada de verão.
As autoridades marítimas da Espanha aprovaram a reabertura por causa da queda nas taxas de incidência de Covid-19 e um aumento nas vacinações, de acordo com um despacho do Diário do Estado da Espanha publicado neste sábado.
A Espanha proibiu navios de cruzeiro de atracar em seus portos em junho de 2020, quando a pandemia atingiu a Europa.
“As companhias marítimas terão que cumprir medidas estabelecidas pelo ministério da saúde … para garantir total segurança, tanto para os passageiros dos cruzeiros quanto para as cidades onde atracam”, afirmou o ministério dos transportes neste sábado no Twitter.
O ministério acrescentou que antes da pandemia a Espanha era o segundo destino mais popular para cruzeiros internacionais na Europa.