Ennio Morricone morre aos 91 anos; veja lista de trilhas sonoras mais famosas


‘Decameron’, ‘Busca Frenética’, ‘Cinema Paradiso’, ‘A Missão’ e ‘Os Oito Odiados’ estão entre os filmes com composições do maestro e compositor italiano. O compositor italiano Ennio Morricone, que faleceu nesta segunda-feira aos 91 anos, foi responsável por mais de 500 trilhas sonoras para cinema e televisão. A seguir as mais famosas:
1964: “Por um Punhado de Dólares” de Sergio Leone
1965: “Por uns Dólares a Mais” de Sergio Leone
1966: “Três Homens em Conflito” de Sergio Leone
1966: “A Batalha de Argel” de Gillo Pontecorvo
1968: “Teorema” de Pier Paolo Pasolini
1968: “Era uma Vez no Oeste” de Sergio Leone
1969: “Os Sicilianos” de Henri Verneuil
1970: “O Pássaro das Plumas de Cristal” de Dario Argento
1971: “Quando Explode a Vingança” de Sergio Leone
1971: “Decameron” de Pier Paolo Pasolini
1971: “A Classe Operária vai para o Paraíso” de Elio Petri
1971: “Sacco e Vanzetti” de Guiliano Montaldo
1974: “Medo sobre a Cidade” de Henri Verneuil
1975: “Saló ou os 120 Dias de Sodoma” de Pier Paolo Pasolini
1976: “1900” de Bernardo Bertolucci
1978: “Cinzas no Paraíso” de Terrence Malick
1978: “A Gaiola das Loucas” de Edouard Molinaro
1981: “O Profissional” de Georges Lautner
1984: “Era uma Vez na América” de Sergio Leone
1986: “A Missão” de Roland Joffé
1987: “Os Intocáveis” de Brian de Palma
1987: “Busca Fenética” de Roman Polanski
1989: “Cinema Paradiso” de Giuseppe Tornatore
1989: “Ata-me!” de Pedro Almodóvar
1989: “Pecados de Guerra” de Brian de Palma
1991: “Bugsy” de Barry Levinson
1992: “A Cidade da Esperança” de Roland Joffé
1998: “A Lenda do Pianista do Mar” de Giuseppe Tornatore
2000: “Vatel, um Banquete para o Rei” de Roland Joffé
2000: “Missão: Marte” de Brian de Palma
2015: “Os Oito Odiados” de Quentin Tarantino
Ennio Morricone durante sessão de fotos em dezembro de 2013
AP Foto/Michael Sohn, arquivo