Enem 2020: 48,3 mil candidatos da região de Ribeirão Preto fazem 2º dia de provas neste domingo, 24


Caderno de questões aborda disciplinas de exatas e ciências naturais. Locais de aplicação vão abrir às 11h30 e fechar às 13h. Prova começa às 13h e termina às 18h30. Entrada da Unip para primeira prova do Enem em Ribeirão Preto (SP) neste domingo (17)
Pedro Martins/G1
O segundo e último dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deve mobilizar 48.349 estudantes em 19 cidades da região de Ribeirão Preto (SP) neste domingo (24) para a aplicação das questões de ciências exatas e naturais.
A prova acontece um dia antes de entrar em vigor, na região e no estado de São Paulo, medidas ainda mais restritivas contra a Covid-19. Cidades da diretorias regionais de saúde de Franca e Barretos vão, na segunda-feira (25), para a fase vermelha do Plano SP. Ribeirão permaneceu na laranja.
Os portões serão abertos às 11h30 e serão fechados às 13h. a prova está prevista para começar às 13h30.
Simples, interpretativa, pertinente: estudantes comentam 1º dia
Protesto, aglomeração, medo da pandemia: veja como foi o 1º domingo de Enem
Jovem relata medo em prestar Enem na pandemia: ‘Vir fazer a prova é um risco’
Ex-morador de rua presta Enem pela 1ª vez: ‘Nunca é tarde’
‘Conhecimento nunca é demais’, diz mãe que presta Enem pela 5ª vez
ENEM 2020 – Uso de máscaras e movimento reduzido marcam abertura dos portões na Unip, em Ribeirão Preto (SP), para o primeiro domingo de provas do Enem
Pedro Martins/G1
Neste domingo, o exame terá como tema Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias, com perguntas sobre química, física, biologia e matemática.
Veja o número de inscritos em cada um dos municípios da região de Ribeirão Preto:
Barretos: 2.915 inscritos
Barrinha: 660 inscritos
Batatais: 1.697 inscritos
Bebedouro: 1.837 inscritos
Cajuru: 519 inscritos
Franca: 8.063 inscritos
Guaíra: 771 inscritos
Ituverava: 2.136 inscritos
Jaboticabal: 2.326 inscritos
Monte Alto: 936 inscritos
Orlândia: 1.506 inscritos
Pitangueiras: 577 inscritos
Pontal: 812 inscritos
Ribeirão Preto: 16.250 inscritos
Santa Rosa de Viterbo: 892 inscritos
Serrana: 926 inscritos
Sertãozinho: 3.130 inscritos
São Joaquim da Barra: 1.455 inscritos
Taquaritinga: 941 inscritos
O que levar
Obrigatório: Caneta preta confeccionada em material transparente
Obrigatório: Documento de identificação original com foto, podendo ser identidade, carteira de registro nacional migratório, carteira de trabalho, certificado de reservista, passaporte e carteira de motorista (CNH)
Obrigatório: Máscara de proteção cobrindo nariz e boca
Caso o documento tenha sido roubado ou furtado antes do exame, o candidato deverá apresentar o boletim de ocorrência expedido por um órgão policial há, no máximo, 90 dias.
Adiamento
Originalmente, o exame seria feito em novembro, mas foi adiado devido à pandemia do novo coronavírus.
Entidades estudantes e a Defensoria Pública solicitaram um novo adiamento das provas, mas a Justiça negou o pedido e deu autonomia às cidades para decidir como proceder em relação ao exame.
Especialistas consultados pelo G1 divergem em relação à realização das provas durante a pandemia. Infectologistas dizem que o risco de transmissão é maior no transporte público e nos portões, na entrada das escolas, do que dentro das salas de prova.
Veja os locais de prova
Como se proteger da Covid-19 no Enem?
O que pode ser feito para melhorar o autocontrole antes da prova
APLICATIVO G1 ENEM: Baixe o app com jogos de perguntas e respostas sobre o Enem
Aglomeração na entrada de estudantes na Unip em Ribeirão Preto para o primeiro domingo de provas do Enem
Pedro Martins/G1
Proteção e remarcação de provas
O uso de máscaras faciais será obrigatório durante toda a aplicação do exame, que terá 14 mil locais de prova e 205 mil salas em todo o país. Quem estiver com Covid-19 ou outras doenças infectocontagiosas nos dias de realização do Enem poderá participar da reaplicação das provas em 23 e 24 de fevereiro de 2021.
Para pedir a reaplicação, os candidatos deverão comunicar a condição de saúde por meio da Página do Participante antes da aplicação do exame.
Além da Covid, são consideradas doenças infectocontagiosas para pedir a reaplicação: coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, Influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, e varicela.
Os participantes que apresentarem sintomas na véspera ou no dia da prova não deverão comparecer ao exame.
Nesse caso, além de registrar o ocorrido na Página do Participante, o inscrito deverá entrar em contato com a Central de Atendimento do Inep (0800 616161) e relatar o caso, a fim de agilizar a análise do laudo pela autarquia. A aprovação ou a reprovação da solicitação de reaplicação deverá ser consultada, também, na Página do Participante.
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Initial plugin text