Empresário que organizou almoço de Bolsonaro com sertanejos está intubado com Covid-19, em Goiânia


Nas redes sociais, a família pede oração. O empresário testou positivo para o coronavírus em 15 de março e disse, à época, que estava bem. Empresário Uugton Batista da Silva com Jair Bolsonaro durante visita ao gabinete
Alan Santos/Presidência da República
O empresário do ramo artístico Uugton Batista da Silva, amigo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), está sedado e intubado em estado grave com Covid-19 em um hospital de Goiânia. A informação foi confirmada pelo advogado dele Edemundo Dias.
“A esposa dele está pedindo corrente de oração pela saúde dele porque o estado é bem complicado. É muito grave. Todos estão preocupados com ele”, ressaltou Dias.
Em 15 de março, o empresário disse em uma rede social que testou positivo para o coronavírus e estava bem. Também pediu orações aos seguidores e amigos. Uugton tem três filhas.
O empresário promoveu encontros entre artistas sertanejos e o presidente Bolsonaro. Em um desses encontros, em 29 de janeiro, cerca de 50 artistas levaram propostas ao presidente para ajudar o setor artístico, que sofre a crise financeira gerada pela pandemia de coronavírus. Os participantes aparecem em fotos sem máscara.
O encontro entre a classe e Bolsonaro aconteceu em uma churrascaria em Brasília, e durou cerca de uma hora e meia.
O empresário trabalha há muitos anos no ramo artístico, segundo o advogado, e promove eventos para cantores sertanejos e outras celebridades, como Amado Batista e o jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho. Recentemente, ele se filiou ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).
Uugton Batista e o jogador Ronaldinho Gaúcho
Reprodução/Instagram
Uugton Batista com o presidente Jair Bolsonaro
Reprodução/Instagram
Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
VÍDEOS: reportagens sobre Covid-19 em Goiás